0 alimentos para prevenir a queda dos cabelos" srcset="https://clinicadoppio.com.br/wp-content/uploads/2017/02/alimentos-queda-de-cabelo.jpg 563w, https://clinicadoppio.com.br/wp-content/uploads/2017/02/alimentos-queda-de-cabelo-300x200.jpg 300w" sizes="(max-width: 563px) 100vw, 563px" />

10 alimentos para prevenir a queda dos cabelos

Uma alimentação saudável é essencial para manter o funcionamento adequado do organismo, inclusive dos cabelos. Descubra a lista de 10 alimentos para prevenir a queda de cabelos.

Escolher corretamente os alimentos a serem consumidos ajuda não somente a melhorar a saúde capilar, como também a prevenir a queda dos cabelos.

Serão listados a seguir 10 alimentos que contêm alto teor de um ou mais elementos importantes aos cabelos.

10 alimentos para prevenir a queda de cabelos

  1. Ovos

Os cabelos são constituídos primariamente por proteínas, sendo seu principal componente a queratina. Ovos são importantes fontes proteicas, uma vez que cada ovo contém de 3,6 a 6,5 gramas de proteína.

Além disso, as proteínas do ovo são as mais bem digeridas, absorvidas e aproveitadas pelo organismo.

Cada ovo contém ainda boas proporções dos seguintes elementos:

  • Vitamina A
  • Folato
  • Vitamina B5 (ácido pantotênico)
  • Vitamina B12 (cobalamina)
  • Selênio
  • Outros: vitamina B6 (piridoxina), vitamina B7 (biotina), vitamina D, vitamina E, vitamina k, cálcio, fósforo e zinco
  1. Carne vermelha

Um dos mais benéficos alimentos para prevenir a queda de cabelos, a carne vermelha é uma das fontes de ferro com maior grau de absorção pelo organismo.

O ferro é matéria-prima usada para se produzir a hemoglobina, molécula responsável pelo transporte de oxigênio no sangue. A deficiência de ferro é uma das causas mais comuns de queda de cabelos.

A ingestão diária recomendada (IDR) pelo Ministério da Saúde é de 14 mg de ferro por dia para adultos não gestantes.

Para se ter uma ideia do que isso representa, cada 100 gramas de carne vermelha têm 3,2 mg de ferro elementar.

Além do ferro, a carne vermelha contém outros elementos importantes para a saúde capilar como proteínas, vitamina A, vitamina B3 (niacina), zinco e enxofre

  1. Batata doce

Pouco lembrada como um dos alimentos para prevenir a queda de cabelos, a batata doce é uma excelente fonte natural de vitamina A.

A vitamina A é necessária para o crescimento dos cabelos e controle da oleosidade.

Entretanto, em excesso, pode levar ao ressecamento da couro cabeludo, descamação e aumento da queda.

Além da vitamina A, a batata doce também fornece outros elementos importantes para o organismo e para os cabelos, dentre eles: vitamina C, cobre, vitamina B5 (ácido pantotênico), vitamina B6 (piridoxina), vitamina B7 (biotina), fibras.

  1. Acerola

Considerando-se a mesma quantidade, a acerola pode conter até 40 vezes mais vitamina C do que a laranja.

A vitamina C é um importante antioxidante, atuando contra a ação dos radicais livres responsáveis pelo envelhecimento celular, envolvido no processo de aumento da queda, afinamento e embranquecimento dos fios.

Além disso, a vitamina C melhora a absorção do ferro, essencial para o desenvolvimento e manutenção dos fios.

A acerola também possui outros nutrientes como vitamina A, complexo B, cálcio, potássio, magnésio e agentes antioxidantes como as antocianinas.

  1. Peixes de água fria

Peixes como o salmão, truta, atum e sardinha são ótimas fontes do ácido graxo ômega 3, importante no controle da resposta inflamatória e na hidratação dos cabelos.

Além disso, esses peixes são ricos em vitamina D, essencial para a manutenção e renovação dos fios. Estudos científicos têm revelado cada vez mais atribuições dessa vitamina na saúde dos cabelos, sendo sua deficiência relacionada ao aumento da queda e até ao maior risco de desenvolver doenças auto-imunes como a alopecia areata.

Os peixes de água fria ainda fornecem diversos outros elementos para os cabelos como: proteínas, vitamina B3 (niacina), vitamina B6 (piridoxina), vitamina B12 (cobalamina), selênio, fósforo, potássio, magnésio.

  1. Castanhas

A castanha do Pará é o alimento com maior teor de selênio conhecido.

O selênio é um mineral diretamente relacionado à manutenção da saúde capilar, sendo sua deficiência relacionada ao aumento da queda dos fios. Além do selênio, esta castanha também contém vitamina E, vitamina B1 (tiamina) e cobre.

As amêndoas são excelentes fontes de vitamina E. A vitamina E, ou tocoferol, atua como antioxidante, preservando os cabelos do ataque dos radicais livres. Além disso, a vitamina E participa de reações químicas importantes para manutenção de funções biológicas do organismo, inclusive dos cabelos.

As amêndoas também são fontes de biotina, manganês, cobre e vitamina B2 (riboflavina)

  1. Frutos do mar

Apesar de não ser comum como parte da dieta de grande parte das pessoas, a ostra é um alimento muito rico em zinco.

O zinco é um mineral envolvido no crescimento capilar e no controle da oleosidade do couro cabeludo.

A deficiência de zinco está relacionada ao aparecimento e exacerbação da dermatite seborréica, aumento da queda de cabelos e, segundo estudos científicos, a quadros de alopecia areata.

Os frutos do mar também são fontes de proteínas, vitaminas do complexo B, ômega 3 e ferro.

  1. Feijão

Parte do prato típico do brasileiro, o feijão é um dos alimentos para prevenir a queda de cabelos.

Além de ser fonte de proteína, carboidratos complexos e fibras, o feijão contém uma série de nutrientes, incluindo antioxidantes, vitaminas e minerais, tais como: cobre, ácido fólico, magnésio, manganês, fósforo, potássio, ferro, zinco e biotina.

Dessa forma, além de conter elementos que ajudam a manter os cabelos saudáveis, eles ainda têm outros benefícios para o organismo como controle do peso, do colesterol e do açúcar no sangue, regularização do trânsito intestinal e prevenção de câncer.

  1. Aveia

A aveia é um grão livre de glúten e fonte de diversas vitaminas, minerais e substâncias envolvidas no crescimento e desenvolvimento dos cabelos.

Estudos revelam vários benefícios à saúde associados ao seu consumo, como auxiliar no controle do peso, do nível de açúcar no sangue e na redução do risco de doenças cardíacas.

Como um dos mais completos alimentos para prevenir a queda de cabelos,  a aveia ainda contém o polifenol avenantramida, um antioxidante com ação anti-inflamatória envolvido no controle da pressão arterial, aumento da irrigação e nutrição dos tecidos.

Metade de um copo de aveia (78g) contém aproximadamente as seguintes proporções de IDR:

  • Manganês: 190%
  • Fósforo: 40%
  • Magnésio: 34%
  • Cobre: 24%
  • Ferro: 20%
  • Zinco: 20%
  • Ácido fólico: 10%
  • Vitamina B1 (tiamina): 40%
  • Vitamina B5 (ácido pantotênico): 10%

Além disso, ela contém menores quantidades de cálcio, potássio, vitamina B7 (biotina), vitamina B6 (piridoxina) e vitamina B3 (niacina).

  1. Gérmen de trigo

O gérmen de trigo reúne um conjunto de nutrientes muito importantes para promover o crescimento saudável dos cabelos.  Ele possui boas quantidades de:

  • Vitamina B6 (piridoxina)
  • Vitamina B3 (niacina)
  • Vitamina B2 (riboflavina)
  • Vitamina B1 (tiamina)
  • Vitamina E
  • Zinco
  • Outros: potássio, cálcio, fósforo, ferro, selênio.

Alimentação saudável e queda de cabelos: o que fazer?

Além de se respeitar quantidades e horários, uma boa dieta deve conter alimentos capazes de oferecer os nutrientes necessários para atender as diferentes demandas de cada sistema do nosso organismo.

Erros alimentares são frequentemente associados a quadros de queda de cabelos.

Além da dieta, existem outros motivos que levam ao comprometimento capilar e que devem ser avaliados sempre que se nota queda ou rarefação capilar.

A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *