afinamento capilar cabelo afinando

Afinamento capilar: o que pode estar acontecendo?

A queixa de afinamento capilar é comum entre mulheres e homens.

Muitas pessoas justificam o fato dos cabelos estarem afinando pelo avançar da idade. Outras se conformam com a situação por apresentar parentes próximos com a mesma característica.

Apesar dessa vontade em acreditar de que se trata de algo natural, o fato é que não é normal ter cabelos ficando cada vez mais finos e ralos.

O afinamento, que geralmente é notado pela diminuição do volume capilar ou por falhas no couro cabeludo, deve ser sempre investigado.

Existem diversas causas para que o cabelo esteja afinando, tanto no homem quanto na mulher.

É importante que o médico especialista avalie cada uma delas.

Quais os sinais e sintomas do afinamento capilar?

O afinamento capilar pode se manifestar de diferentes formas, dependo do grau de acometimento e do tipo de cabelo.

Em geral, o primeiro sinal de que os cabelos estão ficando mais finos é a mudança do formato dos fios.

Cabelos cacheados ou ondulados vão perdendo gradualmente a forma, ficando cada vez mais “armados”, “assanhados” ou difíceis de assentar. Também é comum que conforme os fios vão ficando mais finos, eles passem a embaraçar mais.

Outra característica que costuma ser observada logo no início é a dificuldade do cabelo crescer. Pessoas com cabelos longos notam que as pontas vão se tornando finas e ressecadas.

Conforme o quadro vai avançando, o afinamento capilar vai se tornando mais evidente pela diminuição do volume dos cabelos.

Mulheres costumam perceber que os fios estão ficando mais finos quando amarram o cabelo com rabo de cavalo. Por sua vez, os homens costumam notar a rarefação capilar quando molham os cabelos.

Homens e mulheres também costumam ter percepções diferentes do afinamento capilar em graus mais avançados.

Nas mulheres, o couro cabeludo começa a ficar visível na frente ou quando se penteia o cabelo dividindo-o no meio da cabeça. Dependendo da iluminação do local, as falhas ficam bem mais evidentes.

Nos homens, essa condição causa as conhecidas “entradas” ou a “coroa”.

Tanto em homens quanto em mulheres, a visualização do couro cabeludo é sinal de que o calibre dos fios já diminuiu bastante.

Quais as causas dos fios ficarem mais finos?

O afinamento capilar pode ocorrer por diferentes condições, sendo a avaliação especializada fundamental para diferencia-las.

As principais causas de afinamento dos cabelos serão descritas a seguir.

Alopecia androgenética

A causa mais comum de afinamento capilar em mulheres e homens é a alopecia androgenética.

A alopecia androgenética é uma condição progressiva, ou seja, que tende a piorar se não for feito o diagnóstico e tratamento corretos.

Em geral, essa perda de cabelo se manifesta em adultos, mas pode afetar pessoas de qualquer idade após a puberdade.

Nos alopecia masculina, a perda do cabelo ocorre no topo da cabeça, podendo evoluir até a calvície completa desse local. Os cabelos da lateral e da nuca são tipicamente preservados.

Já nas mulheres, o afinamento capilar é diferente.

Em geral, costuma haver um acometimento difuso da alopecia, com afinamento e perda de cabelos em todas as áreas do couro cabeludo.

Apesar de difuso, no entanto, ele não ocorre de forma simultânea. O rareamento do cabelo costuma ser mais visível inicialmente no topo da cabeça, seguido pelas laterais e por fim, na nuca.

Há diversos fatores que colaboram para o desencadeamento e progressão da alopecia androgênica, sendo os principais o genético e o hormonal.

Hereditariedade

O aspecto que mais influencia a alopecia é a predisposição genética.

Segundo estudos, a hereditariedade contribui com 80% das chances de se ficar calvo.

Portanto, ter parentes calvos ou com cabelos finos é um dado importante na determinação das chances de também ficar calvo.

A evolução e intensidade do quadro, no entanto, nem sempre são semelhantes. Tanto a velocidade e grau de acometimento quanto a idade de início costumam variar muito a cada geração e de pessoa para pessoa.

Entre os fatores que parecem contribuir para essa diferença estão a questão hormonal e o estresse.

Mudanças hormonais

Em pessoas geneticamente predispostas à calvície, os hormônios têm um papel fundamental no seu desenvolvimento e progressão, seja no cabelo masculino ou feminino.

No caso, os hormônios masculinos são claramente os mais associados ao afinamento capilar.

Daí o nome androgenética, que significa ANDRO = masculino, devido aos hormônios masculinos; GENÉTICA = predisposição familiar.

Os principais hormônios masculinos envolvidos com o afinamento capilar são a testosterona e seu metabólito diidrotestosterona (DHT).

Esses hormônios vão induzindo os cabelos a ficarem cada vez mais finos e curtos até levar ao seu completo desaparecimento, caracterizando a calvície.

Esse processo, chamado de miniaturização, é o principal mecanismo de perda de cabelos tanto em homens quanto em mulheres.

Além dos hormônios masculinos, os hormônios femininos estrógeno e progesterona também parecem ter um papel na regulação do afinamento capilar.

A influência desses hormônios na espessura do cabelo feminino fica mais evidente na gestação e menopausa .

Com o aumento exponencial da progesterona e estrogênio na mulher grávida, há uma diminuição da queda de cabelo e espessamento do fio.

Já na mulher em menopausa observa-se diminuição desses hormônios, seguida de queda mais acentuada dos fios e o rareamento do cabelo.

Falta de vitaminas, proteínas e minerais

Diversas carências nutricionais graves podem levar a queda de cabelo e afinamento capilar.

Dentre as mais comuns, a deficiência de ferro e a de proteínas merecem destaque.

Falta de ferro

A ingestão insuficiente de ferro pode resultar na mudança de cor, aumento da fragilidade, queda e afinamento dos fios.

Além dos cabelos, a falta de ferro também pode estar associada a outros sintomas como palidez cutânea, cansaço, fraqueza e unhas quebradiças.

Falta de proteína

Assim como o ferro, as proteínas também são fundamentais para manter os cabelos fortes e saudáveis.

A desnutrição protéica é uma condição menos frequente atualmente, mas que pode fazer o cabelo afinar, parar de crescer e começar a cair.

Para melhorar a disponibilidade de proteína no organismo é importante adicionar carne, ovos, peixe, leite, sementes e soja na dieta.

Remédios

Para crescer, os fios precisam que as células da sua raiz de multipliquem intensamente.

Por isso, os fios de cabelos são estruturas com uma das mais altas taxa de proliferação celular do corpo.

Assim, é esperado que eles também sejam um dos mais afetados por remédios que inibem a multiplicação das células, como os quimioterápicos.

Por isso é comum ver pacientes em quimioterapia com afinamento capilar e queda intensa dos cabelos.

Cabelos afinando: qual o tratamento?

Ao notar o afinamento capilar, é importante que se busque auxílio de um médico especialista.

Através da avaliação médica, é possível se fazer o diagnóstico correto, identificar as causas e combater a origem do problema.

Cabelos finos não voltam a engrossar espontaneamente.

Portanto, não fique observando os fios ficarem cada vez mais finos!

Procure ajuda!

A Clínica Doppio possui uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície. Além disso, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema. Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.
TÍTULO SEO
IMAGENS SEO
IMAGEM 1
afinamento capilar cabelo afinando
IMAGEM 2
afinamento capilar
LINKS SEO
TEXTO SEO

cabelo afinando o que fazer cabelos finos e ralo causas tratamento cabelo masculino afinando cabelo feminino afinando tratamento natural como tratar homem mulher cada vez mais fino e fraco afinamento capilar causas 

WORDS SEO

Atendimento

  • Avenida Lavandisca, 777 - Moema, São Paulo, SP. CEP: 04515-011
  • Terça à Sexta: 09hs às 19hs.
    Sábado: 09h às 18hs
  • +55 (11) 3853-9175
Categorias

Uma resposta

  1. ola eu preciso muito de ajuda, depois que fiz uma cesariana e depois tive um pos parto muito agitado, tive o efluvio telogeno normal depois recuperou, logo em seguida o cabelo foi ficando aspero , caindo e 4 anos ja se passam ja tomei tantos remedios, fiz todos os exames possiveis, mais nao tive resposta me incomoda muito pq na frente ele esta ralo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *