Anticoncepcional e queda de cabelo

Anticoncepcionais e queda de cabelos

Desde que foi lançado, o anticoncepcional tem se tornado a forma mais popular de se evitar a gravidez. Apesar de ser usado por grande parte das mulheres, poucas sabem que o anticoncepcional e queda de cabelo são relacionados.

Mulheres que são sensíveis às alterações hormonais podem vir a ter aumento da queda de cabelos em graus variáveis enquanto estão em uso da medicação ou, mais comumente, semanas ou meses após ter interrompido seu uso.

Anticoncepcional e queda de cabelo

Por outro lado, uma vez que o anticoncepcional oral diminui a produção de hormônios masculinos (andrógenos) no ovário, eles podem ser usados para o tratamento da alopecia androgenética em mulheres. Nem todos, porém, são indicados para esse fim.

Para esclarecer quais podem gerar esse benefício ou qual a relação entre anticoncepcional e queda de cabelo, é preciso que se entenda um pouco mais sobre eles.

Tipos de anticoncepcionais

Existem diversas formas de apresentação de anticoncepcional: pílula oral, anel vaginal, implante subdérmico, dispositivo intra uterino (DIU) e injeções mensais ou trimestrais.

Apesar dessa diversidade, considerando-se apenas o seu papel no aumento da queda e na rarefação capilar, torna-se indiferente qual a apresentação, sendo mais importante os seus componentes.

Nesse sentido, existem 2 tipos de anticoncepcionais hormonais: os que tem em sua fórmula progesterona e estrógeno e aqueles que só tem progesterona. Ambos são eficazes em suprimir a ovulação e, portanto, evitar a gravidez.

As pílulas mais usadas são as que contém os dois hormônios juntos: progesterona e estrógeno.

Estrogênios

A dose do estrogênio e o tipo da progesterona variam e são essas variações que determinam tanto os efeitos colaterais como os benefícios de cada um, sendo ambos relacionados ao problema de anticoncepcional e queda de cabelos em mulheres.

O estrogênio mais comum em pílulas é o etinilestradiol (EE). O que varia no caso é a dose. As pílulas mais antigas tinham doses mais altas (100 microgramas), provocando mais sintomas como enjoos e ganho de peso. Com a evolução, surgiram pílulas com doses menores, de até 15 microgramas de EE.

Quanto à dosagem de etinilestradiol, as pílulas se dividem em:

  • Média: 35 mg
  • Baixa: 20 a 30 mg
  • Ultrabaixa: 15 mg

Apesar de serem eficientes, cada pílula tem sua peculiaridade em suas diferentes dosagens, cabendo ao médico ginecologista orientar qual seria a melhor indicação em cada caso.

Progestágenos

Os tipos de progesterona são responsáveis pelas diversas possibilidades tanto de benefícios quanto de efeitos adversos.

Podemos dividir os progestágenos de acordo com o grau de efeitos andrógenos que produzem.

Os efeitos andrógenos são aqueles que se assemelham aos provocados por hormônios masculinos, como aumento da oleosidade, acne, aumentos dos pelos no corpo e calvície.

Portanto, quanto maior o efeito andrógeno, maior propensão a acelerar a queda e o afinamento dos fios em pacientes predispostas.

  Assim, quanto ao efeito andrógeno tem-se,

  • Acentuado:
    • Levonorgestrel: DIU Mirena, Ciclo 21, Microvlar, Level, Triquilar, Neovlar, Evanor
    • Medroxiprogesterona: Depoprovera, Cyclofemina
    • Norgestrel: Anfertil
    • Etonogestrel: implante Implanon, Nuvaring anel vaginal
    • Norelgestromina: adesivo Evra
    • Noretisterona: Mesigyna, Noregyna
    • Gestrinona: implante ou “chip da beleza”
  • Moderado:
    • Gestodeno: Tamisa, Femiane, Diminut, Micropil, Harmonet, Allestra 20, Allestra 30, Gestinol, Gynera, Adoless, Minesse, Alexa, Siblima
    • Desogestrel: Mercilon, Mercilon conti, Gracial, Femina, Primera 20, Primera 30, Minodiol, Minian, Cerazette, Nactali
  • Leve:
    • Ciproterona: Diane 35, Selene, Diclin, Artemidis
    • Drospirenona: Yasmin, Yaz, Elani ciclo, Stezza, Moliere, Iumi
    • Clormadinona: Belara, Belarina, Aixa
    • Dienogest: Qlaira
    • Nomegestrol: Stezza

Qual o melhor anticoncepcional para a alopecia feminina?

As progesteronas de efeito leve são consideradas anti-andrógenos, ou seja, elas possuem maior potencial de amenizar os efeitos masculinos.

São, portanto, as mais indicadas no tratamento de mulheres com calvície, alopecia androgenética ou alopecia de padrão feminino.

Apesar de haver uma maior tendência a se privilegiar alguns componentes e dosagens, a decisão tanto sobre seu uso quanto sobre qual anticoncepcional deve ser o escolhido cabem exclusivamente ao médico ginecologista.

Anticoncepcional e queda de cabelo: o que fazer?

Alguns cuidados devem ser tomados quando se decide sobre o uso de anticoncepcional. Fatores como aumento do risco de trombose devem ser considerados. Como exemplo, fumantes acima de 35 anos ou com antecedentes familiares de trombose devem ser bem orientadas quanto aos possíveis riscos.

Por isso, o correto é sempre consultar um médico ginecologista antes de iniciar ou  fazer a troca do contraceptivo.

Além disso, é importante lembrar que a queda de cabelos em mulheres pode ter diferentes causas: genética, nutricionais, condições do couro cabeludo ou mesmo medicamentos. Sendo assim, é recomendável se fazer uma avaliação com um  especialista sempre que se notar queda ou rarefação capilar.

A Clínica Doppio conta com uma equipe preparada, orientada por um médico especialista em cabelos, para melhor atendê-lo. Agende uma consulta e obtenha todas as informações e cuidados para o seu caso.

Atendimento

Categorias

71 respostas

  1. ola boa noite gostaria de saber eu tomo injençao mesigyina e meu cabelo ta caindo muito gostaria de saber se isso e normal ? ja tomo a 5 meses OBS: ta caindo muitooo

    1. Olá, Suelen

      O uso de anticoncepcional é uma causa comum de queda de cabelo.
      Entretanto, não é possível determinar se esse é o motivo da sua queda, pois existem diversos outros fatores que podem estar envolvidos.
      Sobre esse assunto, sugiro o texto: https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-em-mulheres/
      Para esclarecer o que realmente está acontecendo no seu caso, é preciso passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa, com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  2. Tenho 24 anos e a 3 anos fui diagnosticada com androgenetica a pirula que tomo não tem nada para cabelo e a siblima, estou tendo muita perda de sangue na menstruação e assim tenho falta de ferro minha ginecologista indicou o mirena tenho medo de ter mais queda….Pode me ajudar.

    1. Olá, Joana

      Existem muitas causas para queda de cabelos em mulheres (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-em-mulheres/), entre elas o uso de anticoncepcionais e a deficiência de ferro (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-por-deficiencia-de-ferro/) provocada pela perda de sangue na menstruação.
      O DIU é uma boa opção para interromper o sangramento menstrual, entretanto, não é a melhor opção para a alopecia androgenética (https://clinicadoppio.com.br/alopecia-androgenetica/).
      Converse com sua ginecologista e com o médico responsável pelo seu tratamento capilar para que juntos eles possam determinar o que é mais importante para seu caso no momento.
      Caso precise de mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  3. Olá… Tem um tempo para definir que a queda de cabelo foi pela interrupção do uso do anticoncepcional? Eu tomei muitos anos o Yaz e resolvi parar por achar que alguns sintomas eram por causa do anticoncepcional. Sempre tive uma queda de cabelo, mas nada terrivel. Quase um no depois de parar com o anticoncepcional comecei a ter uma queda violenta de cabelo. Fiz todos os exames e nada constou. Com a orientação médica comecei a finasterida e minoxidil. A queda foi interrompida. Fiz o tratamento durante 6/7 meses e parei. Agora 4 meses após a parada veio de novo a queda violenta! Estou pensando em voltar com o anticoncepcional, pela queda do cabelo…e porque acho que minha vida virou de cabeça para baixo depois que parei!! Sintomas forte de TPM, ansiedade, cistos no útero e no ovário, inchaço terrível!! E mais uma dúvida, se o anticoncepcional segurava a queda, então eu tenho mesmo a Alopécia Androgenética? Obrigada.

    1. Olá, Graziela

      A queda de cabelo pode começar entre 1 a 2 meses após interrupção, troca ou introdução do anticoncepcional. Geralmente esse período pode se estender por até 6 meses.
      Apesar de provocar queda, esta costuma ser temporária, com melhora espontânea após período de adaptação.
      O fato do anticoncepcional auxiliar o tratamento da alopecia androgenética (https://clinicadoppio.com.br/alopecia-androgenetica/) não significa que todas as pessoas que melhoram da queda com anticoncepcional tenham alopecia.
      Assim, não é possível determinar se você alopecia só pela melhora com anticoncepcional.
      Para saber se você tem alopecia ou qualquer outra causa de queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-em-mulheres/) é necessário fazer uma avaliação completa, com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la

    1. Olá, Deusa

      É arriscado usar ou mesmo trocar de anticoncepcional sem orientação médica.
      Sugiro que consulte seu médico ginecologista para que ele indique o melhor anticoncepcional para o seu caso.

  4. Olá coloquei o implanta a 6 meses e depois disso meu cabelo vem caindo muito. Chego até a ficar assustada com a quantidade. Já passei na ginecologistas e ela pediu exames a nada constou e falou q eu deveria tirar o implanon. Mas ainda estou em dúvidas será q devo tirar mesmo ?
    Me ajude por favor?

    1. Olá, Amanda

      Não é possível determinar se o anticoncepcional é o responsável pela sua queda sem o exame completo dos fios e couro cabeludo.
      Mas pelo que foi relatado, parece haver uma evidente relação temporal entre o Implanon e o início de sua queda.
      Assim, se sua ginecologista orientou retirar o implante, sugiro que siga a recomendação dela.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  5. Olá, minha filha tem 17 anos e toma a Yaz 24 + 4 a mais ou menos 1 ano. Ela tem notado uma queda de cabelo acentuada de 6 meses para cá. Iniciou então o uso de Pantogar (desde março) sem grande melhoria. Pelo que li no artigo acima, a Yaz me parece um dos contraceptivos mais “leves” e menos propícios a causar queda de cabelo. Meu entendimento está correto?
    Grata.

    1. Olá, Valéria

      Essa classificação de “leve” faz referência à alopecia androgenética ou calvície feminina (https://clinicadoppio.com.br/calvicie-feminina/).
      O Yaz assim como os outros anticoncepcionais dessa lista classificados como “leve” são considerados anti-andrógenos, ou seja, eles são capazes de diminuir o efeitos provocados por hormônios masculinos em mulheres como acne, oleosidade da pele e afinamento dos cabelos.
      Dessa forma, eles são os mais indicados para mulheres com perda de volume e rarefação dos cabelos por alopecia androgenética.
      No entanto, em se tratando de queda, ele também pode provocar queda de cabelo assim como os outros anticoncepcionais, por uma condição chamada eflúvio telógeno (https://clinicadoppio.com.br/efluvio-telogeno-troca-de-cabelo/), não sendo considerado leve nesse sentido.
      Se a sua filha apresenta queda de cabelo, o mais recomendado é que ela procure um médico especialista, uma vez que existem diversas causas para queda de cabelos em mulheres (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-em-mulheres/) em geral e em adolescentes (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-e-calvicie-em-adolescentes/), no caso.
      Somente após check up completo, com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos da queda de cabelo dela.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  6. Boa tarde! Desde que comecei a usar o anel nuvaring, percebi o aumento da sudorese da cabeça e do corpo em geral e também os fios do cabelo mais finos. É uma característica de quem faz o uso do anel?

    1. Olá, Amanda

      O Nuvaring é um método anticonceptivo que pode acentuar efeitos andrógenos como acne, aumento da oleosidade e afinamento dos cabelos em algumas pessoas.

  7. Ola

    Tomei anticoncepcional minesse durante 18 anos e parei tem 1 mês.
    Estou com uma queda de cabelo de assustar. O problema é que eu treino musculação e nessa mesma época que parei de tomar anticoncepcional comecei tomar tribulus, maca peruana, zma, creatina. Qdo começou a cair parei de tomar tudo pq não sabia se era isso se estou com anemia se é tireoide pq tem N faltes que pode ser. Parei esses suplementos tem 2 semanas e o cabelo continua caindo. Moro nos Eua e aqui por incrível que pareça não é tão bom qto o Brasil os exames são caríssimos e superficiais. Eles fazem exame de sangue “ completo” mas nesse só está incluso TSH nem t3 nem t4, para incluir esses mais ferro 300 dólares. Marquei um dermato bom mas só pra dia 09 de nov estou desesperada.
    Me ajude o que posso fazer de emergencial para diminuir essa queda?
    Eu tomava cavalinha, óleo de krill, moringa parei tudo mas acho que a causa foi mais hormonal mesmo né? Qto tempo estabiliza e pra de cair. Não tive espinhas

    Obrigada
    Karoline

    1. Olá, Karoline

      A sua história tem alguns elementos que podem estar contribuindo para a sua queda. Além dos anticoncepcionais, suplementos de academia (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-por-suplementos-para-musculacao/) também podem influenciar na queda.
      Você já fez o que poderia ser feito, que é suspender o que provavelmente pode causar queda.
      Mais do que isso, só com uma avaliação médica bem completa para definir outros possíveis fatores envolvidos.
      Isso porque existem diversas outras causas de queda de cabelo feminino (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-em-mulheres/), incluindo algumas mencionadas por você como anemia (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-por-deficiencia-de-ferro/) e doenças da glândula tireóide (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-por-problemas-na-tiroide/) que precisam ser investigadas.
      Somente após check-up completo, com análise do fio de cabelo, do couro cabeludo e exames de sangue detalhados, é possível determinar se existem outros motivos para sua queda de cabelo.
      E infelizmente não é possível fazer isso sem uma consulta médica.
      Entretanto, como sugestão, enquanto aguarda o dia de sua consulta, recomendo não tomar nenhum suplemento para cabelo, pelo risco de hipervitaminose (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-por-excesso-de-vitaminas-e-minerais/), nem usar nenhum produto tópico no couro cabeludo, como minoxidil (https://clinicadoppio.com.br/rogaine-para-tratamento-da-alopecia/), pelo risco de agravamento de quadro de seborréia (https://clinicadoppio.com.br/seborreia-e-queda-de-cabelo/).

  8. Olá
    Tomei á injeção contracep já faz um mês e percebi que meu cabelo está caindo muito…sinto dores de cabeça com frequência e vários vazinhos está se rompendo na minha perna

  9. Oi faço uso do cerasssete a 6anoa desde q tive minha filha .fui a dermatologista ela me pediu exames de sangue e foi q deve ser genética minha queda na entrada da face me receitou mixosedil solução e não me perguntou qual anticoncepcional faço uso.sera que devo parar de tomar o cerassete? Trocar? Tenho 38 anos duas fhas uma se 24 e outra de 6 anos tenho uma vida ativa faço ginástica me alimento bem .oque faço me aconselha a procurar o ginecologista e trocar o anticoncepcional?a tenho 38anos.

    1. Olá, Lucinara

      A decisão sobre o melhor anticoncepcional deve levar em conta diversos fatores além da queda de cabelo, como risco de trombose, câncer de mama, dentre outros.
      Essa decisão deve ser tomada exclusivamente pelo médico ginecologista, que deverá abordar diversos aspectos reslacionados à saúde antes de indicar o melhor anticoncepcional para o seu caso.
      Portanto, procure o ginecologista para esclarecer sobre a possibilidade e necessidade de troca do anticoncepcional.

  10. oi, então tenho enxaqueca com aura e fiquei sabendo que ao posso usar anticoncepcionais progestagenios, desogestrel , levonorgestrel é etonogestrel, gostaria de saber se algum deles ajuda a diminuir a queda de cabelo , antes tomava o primera 20, já ñ tomo mais faz 5 meses e notei uma queda terrível de cabelo , esse primera 20 contém desogestrel mais é contra indicado pra pessoas com enxaqueca com aura, agora ñ sei qual usar

    1. Olá, Ana Karolina

      O uso de anticoncepcionais é um complemento ao tratamento da alopecia.
      Sendo assim, ele não deve ser um fator decisivo na escolha sobre o seu uso ou mesmo qual o tipo de anticoncepcionais usar.
      Diversos outros riscos e condições de saúde devem ser consideradas antes.
      Portanto, converse com seu ginecologista a respeito.

  11. anticoncepcional que possuem o hormônio progestageno ajudana diminuição da queda de cabelo ? pois só posso usar esse tipo de anticoncepcional, pois tenho enxaqueca com aura , faz 5 meses que parei de tomar o primera 20 , que contém o desogestrel e outro hormonio e ele é contra indicado pra pessoas com enxaqueca com aura e eu ñ sabia, e meus cabelos estão caindo muito, estou tomando suplemento para ver se para com a queda mais ñ estou vendo resultados, pretendo tomar o pantogar pra ver se para

    1. Olá, Ana Karolina

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/).
      Entretanto, não é possível determinar o motivo da sua queda sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa, com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  12. Boa tarde,

    Tomei o anticoncepcional gynera por mais ou menos 15 anos e então precisei trocar por ter sido suspenso pela Anvisa. A troca foi feita pelo minulet, mesma composição, seguindo o final do período, tudo adequadamente, já estou tomando a uns oito meses e tenho uma queda intensa de cabelo, onde consigo ver buracos sem cabelo na parte frontal da minha cabeça. Pode o meu corpo estar reagindo a esse anticoncepcional como um novo medicamente apesar de ser a mesma fórmula e não ter havido pausa?

    1. Olá, Tatu

      Não acredito que tenha sido a troca do anticoncepcional, pois não houve mudança dos hormônios progesterona (gestodeno) e estrogênio (etinilestradiol) entre os produtos.
      Entretanto, existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser analisadas.
      Somente após avaliação completa, com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos da sua queda de cabelo e dos “buracos sem cabelos”.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  13. Eu tomo Diane 35 mais ou menos uns 4 anos e ja tem 1 ano e 6 meses que meu cabelo cai muito fui no dermatologista fiz muito exame e nao deu nada me passou a vitamina eximia e ajudou a crescer mas nao parou a queda pode ser por causa do anticocepcional???????

    1. Olá, Samara

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/), incluindo o uso de anticoncepcionais.
      Entretanto, não é possível determinar se esse é um dos motivos da sua queda sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa, com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

    1. Olá, Marta

      A introdução, troca ou parada de um anticoncepcional pode causar queda de cabelo. Entretanto, existem outras causas (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/) através de avaliação médica completa dos fios de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  14. uso finasterida e contraceptivo de barreira, sou casada meu marido ta querendo me dar a mala porque ele não aguenta mais usar camisinha. posso usar finasterida com o anticoncepcional selene? estou com muita oleosidade no meu couro cabeludo selene tira a oleosidade

    1. Olá, Patricia

      O Selene é um anticoncepcional com efeito anti-andrógeno e, portanto, pode contribuir para diminuir a oleosidade do couro cabeludo.
      Entretanto, o uso de anticoncepcionais sem orientação pode acarretar uma série de riscos como trombose, varizes e até câncer de mama.
      Portanto, sugiro que procure um médico ginecologista para orientação do melhor anticoncepcional para o seu caso.

  15. Fiz exames de tireoide, ferritina entre outros, e nao teve nenhuma alteração. Porem ja tive uma perca de 50% do cabelo, fiz uso de Pilexil, Minoxidil, Pantogar, Monessa, Hair Intern e no momento estou fazendo intradermoterapia e laser mas infelismente nao estou obtendo resultado a queda de cabelo continua assustadora, se eu fizesse uso de algum anticoncepcional poderia me ajudar a combater a queda? Qual seria o mais indicado? Segundo a dermatologista tenho alopecia androgenetica e dermatite seborreica, ansiedade pode causar tambem a queda?

  16. Uso anticoncepcional há 10 anos (dienogest+etinilestradiol) porque tenho SOP e por isso acne, oleosidade e alopécia androgénetica. Há uns meses para cá não tolero mais este anticoncepcional, tenho tido muitos efeitos secundários devido aos elevados níveis de estrogénios (inchaço, mamas inchadas, problemas gastrointestinais). Entretanto a minha médica mudou o anticoncepcional para gestodeno+etinilestradiol que vou iniciar. Há uns meses para cá noto uma acentuada diminuição na quantidade de cabelo e estou realmente preocupada pois não sinto que o cabelo caia em demasia, mas sinto que ele não cresce mais. Essa falta de crescimento pode estar associada aos elevados níveis de estrogénios a que tenho estado sujeita?

  17. Boa noite faço uso do cerrazete a 03meses estou tentando muita queda de cabelo minha barriga vive inchada tenho umas cólicas muito forte não sei o que faço devo para de toma-lomeu cabelo tá caindo muito ,antes não tinha esse problema

    1. Olá, Josimari

      O melhor a fazer é agendar uma consulta com um ginecologista e um médico especialista em cabelos.
      Somente após avaliação de ambos é possível determinar os motivos da sua queda de cabelo e das suas cólicas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  18. Olá doutor, faz três meses que finalizei o uso do roacutan, o qual me causou queda excessiva de fios de cabelo. Estarei iniciando o uso do anticoncepcional Iumi. Tenho chances altas de voltar com a queda de cabelo??

    1. Olá, Maysa

      A isotretinoína, princípio ativo do Roacutan, é um medicamento frequentemente associado à queda de cabelo.
      Anticoncepcionais também podem colaborar para a queda, porém não é possível prever se isso vai ou não ocorrer.
      Caso a queda ocorra, entretanto, é importante destacar que outros fatores devem ser considerados (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-em-mulheres/) antes de se optar pela suspensão ou troca do anticoncepcional.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  19. Olá boa tarde, tomo o TAMISA 20 a 12 anos e nesse tempo tive uma queda de 60% do meu cabelo, era bem enrolado, perdeu os cachos e na ponta ele quebra, ja usei tudo que se possa imaginas ja me consultei com 6 dermatologista…e a agora cheguei a conclusão que pode ser o anticoncepcional.

    1. Olá, Patricia

      É bem improvável que o anticoncepcional seja o responsável pelo quadro que você descreveu.
      Sugiro que procure um médico especialista.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos que estão deixando o seu cabelo com o aspecto descrito.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  20. Bom Dia. Usei anticoncepcional para tratar ovário policístico quando era adolescente e continuei utilizando mesmo após os exames ficarem ok. Durante esse período (20 anos) tive queda de cabelo e procurei tratamento, mas nada que resolvesse o problema. Hoje faz uns 2 meses que parei o anticoncepcional, e houve uma excesso na queda de cabelo, está extremamente fraco, caindo cada dia mais. Fiz exames nutricionais, de hormônios e está td ok, inclusice não tenho mais ovários policísticos. O colesterol, triglicérides e esteatose que eu tinha quando tomava a pílula, já não tenho mais depois que parei o remédio. O que pode ser esta queda?? Pode estar relacionado com a interrupção do anticoncepcional? Quanto tempo essa queda pode diminuir? Como devo proceder?

    1. Olá, Daniela

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/), inclusive a interrupção do anticoncepcional.
      Entretanto, não é possível determinar o motivo da sua queda sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  21. Boa noite me chamo glória faz 2 anos que tomo adoless e percebi umas 3 semanas que meu cabelo está caindo violentamente muito não posso nem tocar que já cai estou ficando já sem cabelo na parte da frente o que devo fazer ? ?me ajude obrigado!

    1. Olá, Glória

      Você deve procurar um médico especialista o quanto antes.
      Isso porque existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/), que precisam ser investigadas através de uma avaliação médica especializada (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  22. Olá, meu nome é Lourivalda, tive um filho vai fazer 02 anos parto cesariano, tem mais de 01 ano mais ou menos que meu cabelo está com uma grande quantidade de queda, quebradiço e muito ressecado, descobri há pouco tempo que estou com policístico no ovário esquerdo, será que esse problema possa ser por conta do policístico.

    1. Olá, Lourivalda

      Existem muitas possíveis causas para queda de cabelo do seu filho (https://clinicadoppio.com.br/como-identifica-as-causas-de-queda-de-cabelo-em-criancas/).
      Entretanto, não é possível determinar o motivo da queda sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos da queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  23. Olá, tou desesperada, fiz anticonceptivo DIU e comecei a ter problemas graves de dor no abdômen e queda de cabelo, fui no centro mais próximo pra remover, marquei um consulta medico ginecologista disse que tinha dois quistos nos dois ovario, receitou mi comprimidos medroxiprogesterona durante 1 mes, que deveria voltar depois de completar 3 meses pra controlo, 15 dias depois de terminar a medicação voltei a sentir dor no no abdômen , marquei outra consulta disse que deveria esperar passar 3 meses, senti que o atendimento nao foi bom, enquanto espera pelo dia do controlo, marquei uma consulta a dermatologista porque ja não sabia o k fazer, receitou m medicação que não deu efeito, ai chega o dia do controlo com ginecologista expliquei que tinha dores no abdômen, fez exames e disse que tinha cervicite, assim tou fazer tratamento, ainda sinto dores no abdômen e queda de cabelo, aqui em Moçambique você qui decide o tipo de anticonceptivos quer fazer, penso ajuda.

    1. Olá, Mamssi

      A decisão sobre qual o melhor anticoncepcional para cada pessoa não leva em conta somente a queda de cabelo. Quando é necessário, eu encaminho ao médico ginecologista sugerindo qual o grupo de anticoncepcionais seria mais interessante para cada paciente. Entretanto, a decisão final sobre qual anticoncepcional deve ser usado cabe EXCLUSIVAMENTE ao médico ginecologista.
      Ele é o profissional mais apto a fornecer esse tipo de informação.

  24. Olá Doutor, estou com muita queda de cabelo, estou fazendo tratamento desde abril, já fiz muitos exames e estou tomando medicação para ferritina, que estava muito baixa. Mas ainda não fez efeito e ainda cai muito. Eu tomo o selene porque tenho ovário micropolicistico e tomo o sertralina 100mg para a ansiedade. O que será que pode estar acarretando essa queda de cabelo?

    1. Olá, Francielli

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/).
      Entretanto, não é possível determinar o motivo da sua queda sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é que se pode esclarecer o que está ocasionando a queda.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  25. Doutor
    Qual a melhor sugestão de contraceptivo para quem tem bastante efeito masculino, pêlos espinhas? Considerando enxaquecas com machas na vista e já retirei nódulo no seio. Percebo que sou uma bomba de hormônio, tpm terrível também. Qual o nível médio recomendado? Leve, médio ou acentuado do hormônio mencionado lá em cima?

    1. Olá, Cybele

      A decisão sobre qual o melhor anticoncepcional para cada pessoa deve levar em conta todos os fatores mencionados (pelos, espinhas, enxaquecas, nódulos no seio) e outros fatores que precisam ser investigados, como risco de trombose, por exemplo.
      Dessa forma, a decisão final sobre qual anticoncepcional deve ser usado cabe EXCLUSIVAMENTE ao médico ginecologista.
      Ele é o profissional mais apto a fornecer esse tipo de informação.

  26. Tomo a uns 15 anos o microvlar, nesse ultimo mês troquei para o desogestrel, ao terminá-lo, voltei a tomar o microvlar, nessa troca percebi uma queda absurda de cabelo, com rodelas de aproximadamente 20 cm sem nada de cabelo. Essa troca teria relação com essa violenta queda ? Tô apavorada, consegui marcar dermato somente para mês que vem.

    1. Olá, Rosangela

      A introdução, troca ou parada de um anticoncepcional pode causar queda de cabelo.
      Entretanto, existem outras causas (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/) através de avaliação médica completa dos fios de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  27. Boa tarde, tomei Diclin durante 17 anos. Resolvi parar há 4 meses e meu cabelo desde então não para de cair e estou com a pele oleosa e um pouco de acne. Estou querendo começar a tomar Elane Ciclo pra ver se controla essa queda de cabelo e oleosidade, mas antes de começar preciso saber se tem algum problema eu voltar a tomar anticoncepcional assim, antes que meu corpo acostume a ficar sem e possa voltar ao normal. Tenho medo de esperar os 6 meses e acabar ficando careca até lá,.pois não tenho certeza se vai parar de cair msm. Posso começar a tomar Elane? Obrigada

    1. Olá, Maria Rachel

      Antes de começar a usar qualquer outro anticoncepcional, sugiro que procure um médico ginecologista.
      O uso de anticoncepcionais sem orientação médica podem levar à sérios problemas de saúde, incluindo morte.

  28. Olá, coloquei o Mirena em janeiro/2020 e estou com queda brusca de cabelo. Qual a sua orientação nesse caso? Retirar o Mirena ou algum tratamento ajudaria ?

    1. Olá, Fernanda

      Acredito que você precisa procurar um médico especialista (https://clinicadoppio.com.br/medico-especialista-em-cabelos/).
      Existem muitas outras causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas.
      Portanto, é preciso passar por uma avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, para determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  29. Boa noite!
    Estou com uma dúvida, tomei o anticoncepcional Diclin a 5 anos (fluxo alto, enxaqueca e muita cólica nas pausas), porém a 1 mês tomo o Cerazette mas notei que em todo canto tem cabelo, estou meio confusa será que foi a troca de anticoncepcional???

    1. Olá, Amanda

      Apesar da troca de anticoncepcionais poder colaborar com a queda de cabelo, é improvável que ela seja a única responsável pela sua queda.
      Existem muitas outras causas mais prováveis para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas.
      Portanto, é preciso passar por avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, para determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  30. Olá, tomei o femina por 6 anos, há 4 meses parei de tomar e estou tendo muita queda de cabelo, voltar a tomar o anticoncepcional ajuda a diminuir a queda ?

    1. Olá, Ana Beatriz

      Apesar da interrupção do anticoncepcional poder colaborar com a queda de cabelo, é improvável que ela seja a responsável pela sua queda.
      Existem muitas outras causas mais prováveis para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas.
      Portanto, é preciso passar por avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, para determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  31. Boa noite Dr.
    Tenho alopecia androgenetica e faço uso do Cerazette. Estou sentindo uma queda acentuada mais que o normal. Tem 45 dias que estou tomando. Achas que o remédio está contribuindo negativamente?

    1. Olá, Lilian

      A introdução, troca ou parada de um anticoncepcional pode contribuir para a queda de cabelo.
      Entretanto, outras causas (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) também precisam ser investigadas (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/) através de avaliação médica completa dos fios de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  32. Olá, Dr. Nilton

    Em janeiro fiz minha ultima utilização do Tâmisa 30, logo apos veio a minha menstruação. E foi indicado pela Dra a utilização do Ciclo 21. Passei fevereiro e março sem a presença de menstruação, e em abril iniciou-se a mesma e a ingestão da primeira cartela de Ciclo 21. No momento, estou na minha segunda cartela de Ciclo 21 e desde o final de abril tenho notado uma queda muito grande cabelo. Isso pode estar sendo causado pelo Ciclo 21? Devo parar de utiliza-lo ou isso pode contribuir ainda mais para a queda?

    1. Olá, Tamires

      A queda de cabelo pode ocorrer após interrupção, troca ou introdução de um anticoncepcional.
      Ainda me parece precoce para pensar em parar o anticoncepcional. Se a queda persistir por mais 1 ciclo, ou seja, se ela se mantiver após 3 cartelas, procure sua médica ginecologista e conte a ela o que está acontecendo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  33. Olá , já faz um ano que comecei a fazer uso do anticoncepcional levonorgestrel pois fui diagnosticada com a síndrome do ovário policístico ( que já é uma causa genética ) e a ginecologista que está me acompanhado recomendou que eu tomasse o anticoncepcional para tratar do ovário policístico . Eu já tinha percebido que estava com uma queda de cabelo antes de começar a tomar o remédio . Mas após começar a tomar o remédio a queda tem aumentado muito , e meu cabelo está bem mas ralo e até com falhas no couro cabeludo . Eu acabei recorrendo a tomar Imecap para ajudar na queda do cabelo mas não adiantou e meu cabelo continua caindo cada vez mais . Gostaria de saber o que eu devo fazer ?

    1. Olá, Raquel

      Acredito que você precisa procurar um médico especialista (https://clinicadoppio.com.br/medico-especialista-em-cabelos/).
      Existem muitas outras causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas.
      Portanto, é preciso passar por uma avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, para determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo protegido.