Uso do corticoide para tratamento capilar

Os corticoides são medicações amplamente utilizados na medicina. Na dermatologia, um bom exemplo é o uso do corticoide no tratamento da alopecia e das dermatites do couro cabeludo.

Corticoides

Os corticoides são remédios que possuem os mesmos efeitos do cortisol, hormônio produzido naturalmente pela glândula adrenal.

Dependendo da dose que são prescritos, eles agem como anti-inflamatórios ou imunossupressores.

Assim, eles podem reduzir sintomas inflamatórios como dor e coceira e tratar doenças como asma, artrite e dermatites.

Além disso, por também suprimir o sistema imunológico, ele acaba sendo usado no controle de doenças auto-imunes.

As doenças auto-imunes são condições em que o sistema imune ataca erroneamente tecidos do próprio organismo.

Alguns exemplos de doenças auto-imunes tratadas com esses remédios são o lúpus e a alopecia areata.

Alopecia

O termo alopecia quer dizer perda de cabelo.

Existem diferentes tipos de alopecia, algumas com importante participação de processos inflamatórios e auto-imunes.

Entre essas estão boa parte das alopecias cicatriciais e a alopecia areata.

As alopecias cicatricias são condições que levam à perda definitiva dos cabelos, por substituição dos bulbos capilares por cicatrizes.

Elas podem ser primárias, ou seja, causadas por doenças associadas ao fio e couro cabeludo ou serem secundárias a traumas.

As principais condições primárias que levam à perda de cabelo com formação de cicatrizes são doenças inflamatórias.

Alguns exemplos são: liquen planopilar e sua variante alopecia frontal fibrosante, lupus discóide e alopecia central centrífuga.

O maior exemplo de alopecia associada à alterações do sistema imune é a alopecia areata.

Trata-se de uma reação imune anormal contra o cabelo, que leva à queda capilar abrupta e intensa, com formação de falhas nos cabelos.

Tanto nas alopecias cicatriciais primárias como na alopecia areata, o corticoide é frequentemente lembrado como opção terapêutica.

Uso do corticoide no tratamento da alopecia

Os corticoides usados para tratar problemas capilares podem ser administrados por diferentes vias:

  • Tópico: creme, pomada, loção, solução capilar, xampu;
  • Oral: comprimido ou solução oral;
  • Injetável: aplicação cutânea ou intramuscular.

Pomada de corticoide no tratamento da alopecia areata, dermatites e alopecias cicatricias

Corticoides tópicos têm ação mais leve do que os injetáveis ou os orais.

Em geral, eles agem de forma mais superficial no local da aplicação, sendo, portanto, mais usados em dermatites do couro cabeludo e quadros iniciais ou brandos de alopecia areata e alopecias cicatricias.

Outra indicação comum do uso do tópico do corticoide no tratamento da alopecia areata em pacientes pediátricos.

Sempre que possível, eles são usados com o  intuito de  evitar traumas e efeitos colaterais desnecessários em crianças.

Efeitos colaterais do corticoide tópico

Apesar de geralmente serem mais brandos, os uso tópicos de corticoide no tratamento da alopecia também podem causar efeitos adversos locais e sistêmicos.

A pele onde se aplica o medicamento pode ficar mais fina, com manchas vermelhas e espinhas.

A ocorrência dessas alterações dependem  da potência do produto tópico usado, bem como a frequência de uso e duração do tratamento.

Outros fatores importantes são: idade do paciente, método de aplicação e integridade da pele.

Assim, crianças, aplicações sob oclusão ou em dobras cutâneas e peles machucadas são mais propensas a apresentarem efeitos adversos.

Dependendo da área a ser tratada, ainda há um risco adicional de efeitos sistêmicos, como a insuficiência adrenal.

Reportada em alguns relatos de caso, trata-se da redução da atividade da glândula adrenal, responsável pela produção de importantes hormônios como, por exemplo, o cortisol.

Alguns exemplos de corticoides tópicos:

  • Hidrocortisona: Berlison;
  • Desonida: Adinos, Desonol;
  • Metilprednisolona: Advantan;
  • Mometasona: Topison;
  • Betametasona: Diprosone, Betaderm, Betnovate;
  • Fludrocortida: Drenison;
  • Clobetasol: Clob-X, Psorex, Therapsor.

Além do aumento do risco de efeitos colaterais, o uso prolongado de pomada de corticoide no tratamento da alopecia também pode levar à taquifilaxia.

A taquifilaxia é a diminuição progressiva do efeito da medicação com o passar do tempo, necessitando de doses cada mais maiores para surtir o mesmo efeito.

Assim, a expressão “funcionava no início, mas meu organismo se acostumou com o produto e preciso trocar constantemente” pode ser aplicada aos corticoides tópicos.

Infiltração de corticoide no tratamento da alopecia areata e outras alopecias

A infiltração com corticoide é o método de escolha de muitos médicos para tratamento da alopecia areata e casos selecionados de alopecias cicatriciais.

Na alopecia areata, a injeção se faz na pele do couro cabeludo exposto após a queda de cabelo.

Alopecias cicatriciais inflamatórias e bem localizadas também podem se beneficiar das infiltrações.

Os corticoides injetáveis são compostos capazes de se depositarem nos tecidos, mantendo seu efeito por semanas.

Assim, as aplicações costumam ser periódicas, com intervalos variáveis dependendo do produto utilizado.

Apesar de ser usado para infiltração cutânea, não é indicado a aplicação intramuscular de corticoide para alopecia areata ou de qualquer outra alopecia.

Isso porque as alopecias são geralmente processos crônicos e restritos à pele, não se justificando aplicações seriadas desse medicamento de efeito sistêmico.

Os principais efeitos colaterais associados à infiltração cutânea de corticoides são temporários. Esses incluem palidez, vasinhos e afinamento da pele no local da aplicação.

Entretanto, se usado por períodos prolongados e de forma indiscriminada, a infiltração desse composto pode causar efeitos sistêmicos.

Os corticoides mais usados em infiltrações do couro cabeludo são:

  • Triancinolona hexacetonida: Triancil;
  • Triancinolona acetonida: Theracort;
  • Triancinolona acetate: Kenalog;
  • Dipropionato de betametasona: Betatrinta.

Já para aplicação intramuscular, os principais compostos são:

  • Hidrocortisona: Flebocortid;
  • Dexametasona: Decadron;
  • Betametasona: Celestone soluspan, Diprospan;
  • Metilprednisolona: Depo-medrol;
  • Clobetasol: Therapsor.

Comprimido de corticoide no tratamento da alopecia

Cápsulas e comprimidos orais são utilizados quando se pretende manter tratamentos prolongados de condições inflamatórias crônicas.

Diversas doenças inflamatórias cutâneas se beneficiam do uso da medicação oral.

Entretanto, eles dificilmente são indicados para casos de alopecia.

Isso porque além de possuir resposta irregular nas alopecias cicatricias, geralmente há recorrência e até piora da queda após sua suspensão em casos de alopecia areata.

Também não se recomenda corticoide para alopecia androgenética, apesar das evidências de participação de processos inflamatórios na progressão da calvície.

Efeitos colaterais do corticoide oral

Uma vez que os corticoide orais têm ação sistêmica, eles são os mais envolvidos em efeitos adversos.

Os efeitos colaterais do remédio oral dependem da dose e do tempo de uso.

Esses incluem:

  • Inchaço, edema;
  • Ganho de peso;
  • Depósito de gordura no abdome, face e nuca;
  • Hipertensão arterial;
  • Aumento do açúcar no sangue, diabetes;
  • Osteoporose;
  • Aumento do risco de infecções;
  • Irritação, perda de memória;
  • Insuficiência adrenal;
  • Catarata;
  • Glaucoma.

Os principais corticoides orais disponíveis são:

  • Prednisona: Meticorten, Corticorten;
  • Prednisolona: Predsim, Prelone;
  • Betametasona: Celestone;
  • Dexametasona: Decadron;
  • Deflazacorte: Calcort.

Tratamento com corticoide para alopecia e queda de cabelo: considerações finais

Os corticoides são medicações muito úteis para tratamento de diversas doenças inflamatórias.

Seu uso indiscriminado, no entanto, pode acarretar sérios danos à saúde.

Assim, antes do iniciar o uso de corticoide no tratamento da alopecia ou da queda de cabelo, é recomendado buscar ajuda de um médico especialista.

A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

Dr. Nilton de Ávila Reis

CRM: 115852/SP | RQE 32621


Posts Relacionados

Queda de cabelo por Ozempic e outros inibidores de apetite
A possibilidade de haver queda de cabelo por Ozempic é uma das preocupações das pessoas... (Leia mais)
Terapia com células estaminais para calvície
A alopecia androgenética, popular calvície, pode ter na terapia com células estaminais a resposta que... (Leia mais)
Minoxidil com propilenoglicol faz mal?
Nos últimos tempos, vem aumentando o interesse em saber se o propilenoglicol faz mal. Foi... (Leia mais)

83 Responses

    1. boa noite…
      me chamo Alexsandra e fui diagnosticada com areatra. A médica passou presidin 20mg 2x por semana por 30 dias Aloxidil 50ml solução tópica tharapsor 0.5 mg tópico e um manipulado de Exsynutriment 200 biotina 10 cisteina 100 Cistina 50 vitamina b5 zinco quelado. Comecei hoje. gostaria de saber se está ok com.o predsin? podemos tomar mesmo? e os outros medicamentos…?

      1. Olá, Alexsandra

        A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento depende de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
        Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
        Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
        Estamos à disposição para ajudá-la.

  1. Estou fazendo uso..do Triancil…estou muito satisfeita com resultado. Pois na 3 aplicação….sendo uma placa bem grande….ja nao preciso mais de infiltrações…..Mais Percebi q tive um aumento de peso….de uns 4 kilos…e agora…o corticóide sai do organismo…?? Ou vai continua reagindo??

    1. Olá, Michely

      O corticóide vai saindo do organismo após algumas semanas, mas isso não significa que ele elimina o ganho de peso durante o seu uso.
      Parte do ganho de peso se deve ao acúmulo de líquidos proporcionado pelo corticóide, que tende a melhorar.
      Mas o corticóide também aumenta o apetite e o acúmulo de gorduras, por isso também é necessário que se faça dieta e exercício para voltar ao peso anterior,

      1. Bom dia… Doutor infelizmente minha placa voltou mais em outro lugar… gostaria de saber se o efeito do triancil é o mesmo usando ele como tópico?? Ou tem pomadas pra este tipo de doença.? Pois infelizmente não consigo mais fazer as injetáveis por estar desempregada…então pensei em passar no local afetado…o q o Doutor me aconselha..

        1. Olá, Michely

          Apesar da eficácia do corticoide tópico ser inferior a do injetável (infiltração), ele é uma alternativa terapêutica para determinadas condições capilares.

      2. aí que tristeza é a minha vida com esse remédio . engordei quase 16 kg em um ano e meio . pq infelizmente as consultas particulares com Dermatologistas são caros demais e o sus tem mais de ano que aguardo . então passei a comprar o remédio na farmácia e tomar “dexametasona ” pensa numa pessoa que está sofrendo . rosto e pescoço inchados demais . tomo toda semana pq se não tomar não aguento de tanta coceira . preciso muito de ajuda . uma consulta online talvez . me ajudem médicos .notei que meu cabelo tbm começou a cair muito .me chamo Barbara Rodrigues.
        se alguém puder me ajudar 😭😭 Desde já agradeço .

        1. Olá, Barbara

          O corticoide não é um medicamento para fazer uso sem acompanhamento médico, pois ele pode causar uma série de efeitos colaterais graves.
          Aliás, raramente se usa corticoide oral para tratar coceira no couro cabeludo. Existem tratamentos mais eficazes e seguros para esse fim.
          Por isso, sugiro que procure um médico especialista para examinar seu couro cabeludo e, assim, te orientar melhor.
          Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
          Estamos à disposição para ajudá-la.

  2. Boa noite!

    Minha médica indicou o uso tópico “clob x” (creme) para tratamento da minha alopecia aresta e já estou finalizando a terceira semana e não vejo resultados. Apenas espinhas ao redor da aplicação e em outras áreas do couro cabeludo.

    Alguém já passou por isso, quanto tempo durou para crescer de novo os cabelos ?

    1. A médica que eu passei, ela me passou essa pomada, para que eu passasse no rosto pq tenho líquen plano, então o resultado foi de uma queimadura pior do que a doença que eu estava já faz dois anos e não sarou tenho que conviver com essa queimadura em meu rosto, então passei com outra médica para tratar minha alipecia mais tbm não tive resultado nenhum, muito frustrante pois gastei tanto dinheiro com tratamento que não adiantou 😞😞😞😞😞

    2. Descobri há 2 meses a minha alopecia areata, comecei o tratamento a menos de um mês. Meu dermatologista passou apenas vitamina e shampoo antiquada, uso todos os dias. Já observei o crescimento de cabelo na falha, porém a queda continua bem intensa 😫😞😞

    3. fala irmão, meu nome é Igor Rosalino, to passando por uma alopecia areata, poderia me chamar no Instagram pra poder me contar um pouco de como foi seu caso ?

      1. Olá TD bem Igor passei por uma alopecia areata no ano passado perdi várias placas o médico me disse que essa é uma doença que não se tem uma causa provável mas 90 % pode ser emocional o organismo reage causando inflamação no couro cabeludo fazendo a queda do cabelo o tratamento é longo foram 7meses para começar a desenvolver cabelo nos locais tratamento a base de infiltrações de corticoide e loção de minoxidil a 5% é um problema crônico pode curar passar um tempo sem apresentar mas em algum outro momento poderá voltar o jeito é cuidar do emocional para amenizar boa sorte Deus abençoe

      1. Dr meu cabelo tá caindo muito após eu colorir meu cabelo de preto e passar a progressiva ele tá caindo da raiz já perdi bastante cabelo o que faço comprei mcap e nada de resolver

  3. Meu nome e jessica meu cabelo caiu todo e os pelos das axilas nao nascem mas ja fui na dermatologista passou exame de sanque pra mim fiz constou que estou com tireoide alta mas o medico disse que a tireoide cai o cabelo mas nao desse jeito que esta o meu estou praticamente sem cabelo nenhum. Sera que estou com alopecia areatra ou outro tipo de alopecia e sera que essa aplicacao de corticoide. Vai adiantar crescer meu cabelo outra vez nao aquento mas ficar assim .

    1. Olá, Jessica

      A indicação medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

    1. Olá, Sebastião

      Os pelos começam a aparecer em alguns meses, em geral de 1 a 3 meses.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-lo.

  4. Olá. Sou Leandro estava com uma queda de cabelo terrível achei que ia ficar careca.até que me indicaram. Depo medrol. Em três dias parou a queda. Será que faço uma injeção e paro ou sigo fazendo todo o mes
    Obrigado

    1. Olá, Leandro

      O uso contínuo de Depo medrol traz uma séries de consequências negativas graves para a saúde.
      Portanto, a menos que você tenha uma indicação médica e acompanhamento especializado não use essa medicação.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-lo.

  5. Ola Dr!! Fui diagnosticada com alopecia areata, a dermo que fui me passou minoxidil 5% e therapsor, só que tive reação!! Descamação no couro cabeludo e pelos pelo rosto todo e corpo todo. Agora faço aplicação da injeção diprospan. Ela recomendou 3 aplicações, hoje fiz a 3, notei uma melhora, passo um pouco mal no dia mais depois melhora. Ela pode trazer risco a saúde se usar muito tempo???

    1. Olá, Laiany

      O Diprospan é um medicamento de depósito, ou seja, ele costuma ficar no organismo por algumas semanas após aplicação e assim como outros corticóides injetáveis, ele pode causar efeitos colaterais se usado por períodos prolongados.
      Portanto, é importante conversar com sua médica sobre qual o tempo previsto de tratamento e efeitos colaterais que possam surgir pelo uso da medicação no período programado.

      1. Olá Dr. Nilton, estou com alopecia cicatricial e a Dermo passou psorex 0,5 mh/g solução e tracolimo
        O,3% ,vestiu usando há algum tempo e tem aparecido espinhas no meu couro cabeludo.
        Ela sugere mais dois meses de uso e caso não ceda a inflamação, fazer infiltração de corticoide ou o uso de cloroquina.
        Qual sua opinião?
        Estou usando a medicação adequada?

        1. Olá, Claudia

          Apesar da sua descrição, é difícil opinar sem examinar.
          A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
          Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
          Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
          Estamos à disposição para ajudá-la.

        1. Olá, Marry

          Não sei te informar.
          Essa dúvida precisa ser checada com um médico especialista em rins, ou seja, um nefrologista.

  6. Boa noite Dr. Nilton!
    Gostaria de saber se o Therapsor pode ser usado juntamente com o minoxidil (no mesmo momento). Passando 20 gotas no couro cabeludo por 3 semanas, tem risco de engordar?

    1. Olá, Lais

      O Therapsor pode ser usado junto com o minoxidil. Apesar de ser um corticóide, por ser um medicamento de uso tópico e portanto, com pequena absorção, não é esperado que se engorde usando o Therapsor.

  7. Bom dia, Dr. estou com um tipo de alopecia cicatricial, fiz exames de fan que deram reagente para anticorpos nucleares e placa metafasica cromossômica padrão nuclear pontilhado fino denso 1/160! Estava tratando o cabelo como uma alopecia normal com minoxidil 5% misturado com uma ampola de diprospan, gostaria de saber se antes de sair a biópsia que vai ser no dia 25 agora, se continuo com esse medicamento pois nos dias que parei senti coceira e queda, como devo proceder nesse meio tempo e depois o que pode ser feito nessas cicatrizes para ter cabelo novamente? Obrigado desde já!

    1. Olá, Luciano

      A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-lo.

  8. Dr Nilton fui diagnosticada com urticária vascolite
    Uma doença Alto imune E uso cloroquina
    E meu cabelos estão caindo tudo
    E eu estou usando minoxidil já tomei suplementos vitamínicos mas meu cabelos ainda não parou de cair
    Gostaria de saber se é por causas da doença ou por causa do medicamento cloroquina me ajuda por favor

    1. Olá, Dhéssi

      Quadros inflamatórios sistêmicos como a urticária vasculite podem contribuir para a queda de cabelo, mas não cloroquina.
      Entretanto, existem muitas outras causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas.
      Mas isso não é possível sem uma avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende consulta com um médico especialista.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  9. Dr. Nilton!
    Fui diagnosticada com Alopecia fribosante cicraticial. Estou fazendo o tratamento com Reuquinol, aplicação de Triancil e Finasterida 2,5.
    Gostaria de saber se a doença para de evoluir e volta a crescer o cabelo é tbm quais as reações desses medicamento lá.
    Desde já agradeço pela atenção

    1. Olá. Monica

      A alopecia frontal fibrosante é uma doença inflamatória crônica do couro cabeludo que leva à perda permanente e progressiva dos cabelos.
      Para discutir sobre medicamentos e outras formas de tratamento é preciso agendar uma avaliação.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  10. Boa noite, Dr Nilton.
    Como é feito o diagnóstico do Líquen plano?
    E o diagnóstico diferencial do Líquen e da alopecia frontal fibrosante?
    Grata
    Ana

    1. Olá, Ana

      O diagnóstico de líquen plano é feito através do exame dermatológico, podendo ou não ser ser complementado com biópsia.
      A alopecia frontal fibrosante é um subtipo de líquen plano.

  11. Boa noite, doutor. Fui diagnosticado com Alopecia Areata e estou para fazer minha terceira aplicação de corticoide por infiltração, dia 19/08. Porém ainda não consigo notar efeitos positivos, pelo contrário, me parece que continuam caindo. O que devo fazer?

    1. Olá, Gabriel

      A tempo de resposta do tratamento com corticoide injetável para alopecia areata depende do produto d dose utilizados, além, claro, da resposta do seu organismo.
      Isso realmente pode levar alguns meses.
      Sugiro que converse com seu médico a respeito na sua próxima infiltração.

  12. Irei usar triancil por aplicação direto na falha por conta da alopecia areata gostaria de saber c meu rosto inchar o efeito e permanente ou nao e c ele pode mudar o formato do rosto permanentemente.

    1. Olá, Eduardo

      De forma geral, a absorção sistêmica do corticoide intralesional é pequena, não sendo suficiente para inchar o rosto. Isso, claro, pode mudar, a depender da quantidade e frequência do corticoide aplicada.

    2. Olá boa tarde a um ano meu cabelo começou a cair atrás da orelha onde eu já havia tido alopecia fiz o tratamento com infiltração de triancil a época. fiz cerca de 6 infiltração cerca de 15 dias já começou a nascer os pelos.
      Agora eu não quis fazer infiltração por ser muito dolorida fiz uma consulta ao dermatologista que mim mandou manipular minoxidil com valerato de betametasona comecei o tratamento janeiro de está quase toda área com fios nascendo após o uso do minoxidil casso aplicação da pomada de valerato de betametasona 1,0mg. Estou gostando do resultado.

  13. Olá dr Nilton! Meu filho tem 18 anos e tem alopecia areta total, evoluindo para universal. Há 6 meses ele vem fazendo tratamento de microagulhamento capilar mensalmente, aliando à isso, produtos manipulados à base de minoxidil 2 vezes ao dia e tbm, para se juntar ao exército ele faz uso de uma medicação para artrite reumatoide chamado TOFACITINIBE, pois o reumatologista dele prescreveu já q ele tbm sofre desse problema desde a pré adolescência, assim como a alopecia q manifestou-se nele qndo ainda era criança. Hj c a graça de Deus, já podemos ver uma evolução no quadro dele. A sobrancelha já está quase cheia novamente e a cabeça tbm já tem alguns cabelos escuros, muitas penugens e os folículos pilosos tbm estão bem em evidência.Agora eu lhe pergunto dr: será q a alopecia total/universal dele está associada ao reumatismo, já q os dois são doenças auto imunes?

    1. Olá, Raphaela

      Esse elo entre doenças reumáticas e autoimunes vêm sendo estudada pela comunidade científica há muito tempo. Com o uso dos imunobiológicos e respostas cruzadas de tratamento, a associação se torna cada dia mais consistente.
      O Tofacitinibe, aliás, é uma das medicações mais promissoras para o tratamento da alopecia areata universal (https://clinicadoppio.com.br/tofacitinibe-para-tratamento-da-alopecia-areata/), com alguns resultados interessantes como o do seu filho.
      Acredito que o tempo e a constante pesquisa científica responderão, com o tempo, diversas dúvidas como essas e outras envolvendo doenças como a alopecia areata e artrite reumatóide.

  14. Bom dia , tudo bem ?
    tenho alopecia areata a anos , agora com 45 me apareceu machas na mão , a medica disse que é vitiligo , qual a relação do vitiligo com alopecia areata ??/ ou apenas coincidência pois ambas são autoimune ???

  15. Olá Dr Nilton
    Bom dia!!
    Tive covid em junhodesse ano, fiquei 9 dias internada,sendo 3 dias fiquei na UTI
    Um mês depois da alta hospitalar, meu cabelo começou a cair mto
    Comecei tratamento com dermato à18 dias
    Estou usando Minoxidil 5% e Nourkrin Woman,só q a queda continua mto acentuada; já perdi uns 75% dos cabelos, cheia de falhas
    Estou desesperada Dr
    Porque acontece essa queda pôs covid ?
    O cabelo volta à nascer ?
    Tem um prazo p acabar essa tormenta?
    Me ajude 🙏

  16. Dr, eflúvio crônico tb pode ser tratado com therapsor, além do minoxidil? A minha queda é muito grande e angustiante. Não para mais. Faz muitos anos, e agora meu cabelo não está mais se recuperando das perdas. Está extremamente fino e pouco.

  17. Bom dia, doutor!
    Qual dos seguintes medicamentos você mais indica para tratamento da dermatite seborréica: Diprosone ou Therapsor?
    Além disso, por ter feito um transplante capilar e fazer uso do minoxidil – tanto oral, quanto tópico – devo interromper com seus usos durante o tratamento com os corticóides?
    Obrigado!

    1. Olá, Alexandre

      A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-lo.

  18. Minha está com alopécia areata estou usando minoxidil mas estou vendo pouco resultado gostaria de saber se o advantan loção capilar é mais eficaz?

    1. Olá, Paula

      A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  19. Olá doutor! Fui diagnosticada com Alopécia Androgenética. Iniciei um tratamento com minoxidil 5% combinado com therapsor. No seu artigo tinha apenas uma pequena nota sobre therapsor não ser indicado para Alopécia Androgenética. Só não entendi se eram todos os tipos de corticóides ou apenas o comprimido. Pode me explicar melhor como funciona?

    1. Olá, Lucilene

      O corticoide, seja ele tópico ou oral, não é um medicamento para tratar a alopecia androgenética. Mas isso não quer dizer que ele não possa ser usado em pacientes que tenham alopecia androgenética para tratar outras condições associadas, como, exemplo, dermatites do couro cabeludo.
      Deve ter sido o seu caso.
      Para esclarecer essa sua dúvida, sugiro que converse com seu médico, pois ele examinou e viu o que era necessário para o seu tratamento.

  20. Dr fui diagnósticado com alopecia areata ,fiz 2 aplicações com triancil e deu tanto efeito,fiz aplicação com permese e sim deu um efeito melhor

  21. Doutor, meu filho foi diagnosticado com alopecia areata, ele tem 7 anos, tinha uma placa, ele fez 2 aplicações de triancil, e repilou, porém apareceram mais 2 placas, ele não quis mais fazer a aplicação por medo de agulhas, o dermatologista receitou predsim, 8ml por 14 dias, tendo que ir reduzindo 2ml a cada 14 dias, minoxidil 5%, uma vez por dia e pomada topison 1 vez por dia, estou com esperança nesse tratamento, mas fico preocupado por ser uma criança e tenho medo dos efeitos colaterais do predsim, oque o senhor me diz?

    1. Olá, Paulo

      A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-lo.

    2. Descobri uma alopecia areata com uma placa pequena somente no couro cabeludo há 15 dias. Durante o exame, a médica que me atendeu disse que deveria ter acontecido há uns 10 dias e que já estava crescendo cabelo no local. iniciei o tratamento com corticoide local e já consigo mesmo sentir que estão crescendo os pelos apesar de ainda dar para ver a placa. Isso é um bom sinal? Tenho 41 anos e esse é o meu primeiro episódio. O rápido retorno do crescimento é um bom sinal de recuperação? Pode significar menor chance de retorno ou não há relação?

      1. Olá, Bruna

        A maior parte dos casos de alopecia areata têm a sua evolução, ou seja, o cabelo volta sozinho.
        O retorno rápido do cabelo é um bom sinal, com maior chance de retorno.

  22. ola sou a Edna vim descobrir a minha alopesia a 3 meses meu cabelo abriu vários buracos minha auto estima caiu muito por vergonhas dos buracos na cabeça comecei o tratamento com a pomada mais n vi nada de resultado agora vou pra aplicações no local a senhora pode mim ajudar com algum medicamento

    1. Olá, Edna

      A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  23. Olá Dr. Nilton, tudo bem? Passava com a tricologista, tentamos várias opções depois de muito gastar com Dermatologista e não ver resultado. Com a tricologista passei por processos a laser, aplicações de fórmulas, entre tantas outras opções e o último foi com o microagulhamento, usava shampoo e condicionar, loção antiquada. Mas até agora nenhum resultado efetivo. Minha última tentativa foi comprar a fórmula da Ervik e shampoo da mesma linha. E associando o tratamento com uma nova Dermatologista, estou fazendo uso por 3 meses que ela indicou de 2 fórmulas ( comecei o 2° mês) e agora ela indicou também uma injeção de Dispropan.
    O shampoo é a loção estou usando desde o final de janeiro, mas ainda continuo tendo queda de cabelo, e se não usar um condicionar não é possível eu pentear e desembaraçar meus cabelos, pois são muito fininhos e oleosos. O que o Dr. me orientar a mais do que a Dermatologista já me indicou?

    1. Olá, Kely

      A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  24. Em 2021 perdi todo meu cabelo , tenho alopecia areata desde os 12 anos, mas sempre em placas pequenas que eram contornadas com medicamentos utópicos, estou indo para o segundo ano careca , faço terapia , infiltrações com triancil todo mês, tomo deflazacorte e minoxidil e não tenho quase nada de resultado, agora vou começar com o Diprospan no lugar do deflazacorte, já não sei mais se desisto de uma vez ou se continuo com o tratamento, teria mais alguma coisa que eu poderia fazer que pudesse enfim fazer meus cabelos crescerem de novo ?

  25. Descobri alopecia areata há um mês, e a dermato receitou apenas therapsor. Tenho um bebê de 1 ano e 3 meses que ainda mama peito. Estou frustrada pois o therapsor não faz efeito ainda e estou sentido meu couro cabeludo dolorido após o uso. Estou com uma falha enorme na cabeça. Marquei uma segunda opinião com outra dermato. Mas tem alguma dica ?

    1. Olá, Raisa

      A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

Deixe um comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *