Exames para queda de cabelo

O passo mais importante para se resolver problemas capilares é estabelecer o diagnóstico correto. Para isso, é preciso que se faça uma boa avaliação médica, o que inclui exames para queda de cabelo.

Diagnóstico capilar

A investigação das causas de queda, afinamento ou rarefação dos cabelos segue algumas etapas.

De maneira geral, elas incluem:

  • Avaliação médica, com anamnese e exame físico
  • Estudo de imagens: uso de instrumentação específica para avaliação do fio de cabelo e couro cabeludo
  • Exames laboratoriais, incluindo exames de sangue

Avaliação médica

Antes de sair pedindo exames para queda de cabelo, é preciso inicialmente avaliar o paciente.

Assim, o primeiro passo do exame tricológico é a consulta com o médico especialista em cabelos.

Por sua vez, o médico deve estar preparado para ouvir atentamente a história do problema capilar do paciente.

Além disso, é necessário que o especialista seja capaz de orientar o paciente para que nenhum detalhe importante possa ser esquecido.

Pontos como, por exemplo, higiene dos cabelos, procedimentos capilares, hábitos de vida e aspectos da saúde pessoal precisam ser levantados.

Após uma anamnese profunda e bem detalhada, segue-se o exame médico capilar.

Avaliação dos cabelos e couro cabeludo

Exame físico

O exame físico dos cabelos inclui avaliação do estado geral dos fios e aspecto visual do couro.

Nessa etapa é importante, por exemplo, procurar por falhas, lesões cutâneas e alterações da textura, resistência e cor dos fios.

Dependendo da história e do exame físico capilar, a avaliação de outras áreas do corpo também pode ser necessária.

Somente após concluir o exame físico, iniciam-se os exames tricológicos de imagens.

Tricoscopia: exame de imagem

Um dos mais importantes exames para se diagnosticar a calvície e causas da queda de cabelos é a tricoscopia.

Através desse exame é possível fazer uma análise detalhada do fio de cabelo e couro cabeludo.

A tricoscopia é um método de investigação capilar realizado com aparelhos ópticos que permitem amplificar muito a imagem da área avaliada.

Tanto aspectos como espessura, comprimento, estrutura ou deformidades do fio de cabelo podem ser analisados.

Além disso, características como cor, sinais inflamatórios e anormalidades do couro cabeludo também ficam evidentes.

Dessa forma, a tricoscopia pode contribuir para o diagnóstico de condições como a alopecia androgenética, eflúvio telógeno, alopecia areata, tricotilomania, micose do couro cabeludo, alopecias cicatriciais e defeitos da haste capilar.

Alguma dúvida? Entre em contato para mais informações

Tricograma: análise do fio de cabelo

O tricograma é uma das opções de exames para queda de cabelo.

Através dele é possível avaliar os bulbos capilares, permitindo determinar a quantidade de fios em cada fase do ciclo.

Isso é importante, por exemplo, para estabelecer com mais segurança o diagnóstico de eflúvio telógeno.

Entretanto, apesar de ser um exame muito útil quando bem indicado, ele é cada vez menos utilizado.

A razão talvez seja o desconforto causado pelo arrancamento de tufos de cabelos necessário para análise.

Biópsia: exame anátomo-patológico do couro cabeludo

Por se tratar de um procedimento cirúrgico, com anestesia, corte e necessidade de pontos, outros exames para queda de cabelos costumam ser indicados antes de se realizar uma biópsia.

Assim, a retirada cirúrgica de uma amostra do couro cabeludo costuma ser feita somente quando há dúvida diagnóstica não esclarecida por exames anteriores.

Avaliação do estado de saúde

Como os cabelos refletem a saúde das pessoas, a queda capilar pode ser um sinal de alerta sobre possíveis agravos ou desequilíbrios ao organismo.

Portanto, havendo queda de cabelo é importante que se faça um amplo check-up.

Exames laboratoriais

Exames de sangue são primordiais para avaliar possíveis causas internas relacionadas à queda de cabelo.

Dentre os exames laboratoriais que devem ser feitos, precisam estar aqueles capazes de analisar aspectos como, por exemplo, a alimentação, hormônios, infecções, doenças auto-imunes, distúrbios metabólicos e todos os órgãos e sistemas relacionados aos cabelos.

Outros exames como ultrassom, tomografia, eletrocardiograma ou qualquer outro método diagnóstico podem ser indicados de acordo com a história do paciente ou com os resultados encontrados durante a investigação para a queda de cabelos.

Diagnóstico e exames para queda de cabelo

O caminho para que se determine com segurança as causas da queda de cabelo pode ser longo e doloroso.

Uma boa anamnese realizada por um médico especialista em cabelos é o primeiro passo para se estabelecer o diagnóstico com mais precisão.

Por sua vez, o diagnóstico certo é fundamental para melhorar as chances de se obter bons resultados com o tratamento.

Assim, ao notar queda, afinamento ou rarefação dos cabelos, consulte um médico especialista.

A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento da queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

A Clínica Doppio

A Clínica Doppio é uma clínica médica especializada no tratamento de condições que afetem os cabelos e o couro cabeludo, integrando-os ao conceito de saúde e bem-estar.

       Atendimento

Avenida Lavandisca, 777 - Moema, São Paulo, SP.

Terça a Sexta-feira: das 09h às 19h
Sábado: das 9h às 18h

+55 (11) 3853-9175

Google
Instagram

Please enter an Access Token on the Instagram Feed plugin Settings page.

RESPONSÁVEL TÉCNICO:  Dr. Nilton de Avila Reis – CRM: 115852/SP RQE 32621 | © Clinica Doppio – Todos os direitos reservados

Menu