Queda de cabelo como manifestação de doenças sistêmicas

A possibilidade de existir doenças que causam queda de cabelo deve sempre ser avaliada pelo médico.

Doenças que causam queda de cabelo

Nem todas as formas de queda de cabelo são resultado da genética ou do envelhecimento.

A queda excessiva e o afinamento também podem ser um sinal de alguma outra doença sistêmica.

Isso é especialmente importante em pessoas que sempre tiveram cabelos fortes e saudáveis.

A seguir serão descritas diversas condições de saúde ou doenças que causam queda de cabelo.

Lúpus Eritematoso Sistêmico

Uma das doenças que causam queda de cabelo, o lúpus é uma condição sistêmica autoimune.

Doenças autoimunes são aquelas em que há produção de anticorpos contra alguma parte do próprio corpo.

Anticorpos são compostos com capacidade de desencadear reações inflamatórias que culminam com alterações da função e destruição do tecido ou órgão afetado.

No lúpus, há produção e depósito de anticorpos em diversas partes do corpo provocando as mais variadas manifestações clínicas.

Assim, quando os anticorpos se depositam na articulação, provocam artrite; nos rins, insuficiência renal; no sangue, anemia trombose e sangramentos.

Os cabelos também costumam ser afetados no lúpus, sendo a queda reflexo tanto da doença quanto da saúde geral da pessoa.

A evolução do lúpus é imprevisível, com períodos de remissões e recorrências constantes.

Assim também é a queda de cabelos nessa doença, podendo evoluir desde queda mínima e temporária até alopecia cicatricial definitiva.

Doença da tireóide e queda de cabelo

Distúrbios hormonais são um dos exemplos mais comuns de doenças que causam queda de cabelo.

O hormônio produzido pela tireóide, chamado tiroxina, é fundamental para que os outros hormônios possam agir corretamente.

Dessa forma, doenças que comprometem a tiróide acabam por afetar diretamente a manutenção e desenvolvimento dos cabelos.

Tanto a produção aumentada da tiroxina presente no hipertiroidismo quanto a deficiência do hipotiroidismo podem causar queda.

A queda secundária a doenças tiroidianas costuma ser temporária, com melhora após controle dos níveis dos hormônios tiroidianos.

Síndrome de Cushing

Outro distúrbio hormonal associado à queda acentuada de cabelos é a síndrome de Cushing.

A Síndrome de Cushing ocorre por aumento da quantidade do hormônio cortisol, produzido pela glândula adrenal. O estresse é um dos estímulos para sua produção e liberação.

O quadro clínico da síndrome de Cushing inclui além da queda de cabelos, alguns sintomas vagos como fraqueza e cansaço.

Além disso, podem ocorrer estrias, gordura localizada, irregularidade menstrual, diminuição da libido, hipertensão arterial, diabetes e infertilidade.

Existem várias causas para o aumento do cortisol, sendo seu diagnóstico feito a partir de exames complementares.

Uma dessas causas é o tumor da adrenal ou da hipófise em que, além do cortisol, pode também ocorrer aumento do hormônio testosterona.

Altos níveis de testosterona podem levar ao aumento da queda de cabelos e também acelerar quadros de alopecia androgenética.

Doenças infecciosas que causam queda de cabelo

Qualquer infecção grave com reação inflamatória sistêmica pode cursar com queda de cabelo.

A relação causal nesses casos é quase que até intuitiva, devido à grande debilidade física provocada por essas infecções.

No entanto, existem alguns agentes infecciosos que podem permanecer muito tempo no organismo tendo como sinal apenas queda de cabelo.

Entre essas infecções, estão algumas doenças sexualmente trasmissíveis.

Infecções pelo HIV, hepatites B e C  são alguns exemplos de doenças infecciosas que podem levar ao aumento da queda de cabelo, devendo, portanto, serem investigadas.

A queda de cabelo nessas infecções costuma ser difusa, crônica, sem grandes diferenciais para a queda provocada por outras causas.

Existe uma doença sexualmente transmissível (DST), no entanto, em que o padrão de queda é característico.

Trata-se da sífilis, também chamada de lues.

Nessa DST provocada pela bactéria Treponema pallidum, a queda de cabelo costuma ocorrer de forma concentrada em alguns locais do couro cabeludo, formando um padrão conhecido como “alopecia em clareira”.

A suspeita e diagnóstico dessas doenças é fundamental não somente para o controle da queda como para o tratamento da infecção, evitando, dessa forma, o comprometimento da saúde do portador e a transmissão da doença.

Doença celíaca

A doença celíaca é uma condição autoimune em que ocorre inflamação do intestino provocada pela ingestão de alimentos com glúten.

Entre os sintomas observados nessa doença, encontram-se dores abdominais, perda de peso e queda de cabelos.

A queda de cabelos da doença celíaca é secundária à carência nutricional crônica.

A inflamação da parede intestinal compromete a absorção de nutrientes como proteínas, vitaminas e minerais essenciais para a saúde capilar.

Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa

A doença de Crohn e a retocolite ulcerativa são doenças inflamatórias intestinais.

Assim como na doença celíaca, a queda de cabelo nessas doenças está associada à deficiência nutricional provocada pela má-absorção.

A menor absorção de nutrientes devido à inflamação intestinal leva à interrupção do crescimento e queda dos cabelo.

Tanto na doença celíaca quanto nessas doenças, a queda é temporária, com melhora após controle da inflamação.

Doenças que causam queda de cabelo: o que fazer?

A queda de cabelo repentina nunca é um bom sinal.

O problema é que em muitas doenças que causam queda de cabelo os outros sintomas podem não ser tão evidentes.

Com isso, a queda pode passar muito tempo sendo considerada apenas uma condição isolada e de menor importância.

As tentativas de automedicação, uso de suplementos alimentares ou mesmo métodos alternativos atrasam ainda mais o reconhecimento dessas condições.

Por outro lado, seu reconhecimento precoce possibilita não somente a recuperação dos cabelos como também evita que o potencial agravamentos dessas condições.

Assim, se você apresenta queda de cabelos com ou sem sintomas como febre, cansaço ou lesões de pele, você deve procurar o quanto antes ajuda médica.

A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

 

 

Dr. Nilton de Ávila Reis

CRM: 115852/SP | RQE 32621


Posts Relacionados

Queda de cabelo por Ozempic e outros inibidores de apetite
A possibilidade de haver queda de cabelo por Ozempic é uma das preocupações das pessoas... (Leia mais)
Terapeuta capilar, tricologista e médico especialista: qual a diferença?
Existem diversos termos para denominar os profissionais que lidam com problemas no cabelo ou couro... (Leia mais)
Finasterida ou minoxidil: qual é a diferença?
Parte dos pacientes com problemas capilares ficam em dúvida se devem usar finasterida ou minoxidil.... (Leia mais)

36 Responses

  1. Tenho hepatite c e gostaria d saber se da mesmo queda de cabelos;como posso tratar a queda?por favor;uma resposta sobre isso
    Obrigada

    1. Olá, Joana

      Como você pode ver na tabela 3 (table 3) desse artigo: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2803488/, a queda de cabelo pode acontecer em até 20 a 25% dos pacientes, sendo geralmente temporária.
      Para entender o motivo da queda, sugiro o artigo: https://clinicadoppio.com.br/efluvio-telogeno-troca-de-cabelo/
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

      1. Ola doutor meu nome e bruna , to tendo muita queda de cabelo depois que parei a injecao injetavel , faz 2 meses que nao desce tenho muira queda de cabelo e espinhas , ja fiz o teste de gravidez e nao da nada , posso esta com algo ?

        1. Olá, Bruna

          Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/), inclusive remédios e anticoncepcionais.
          Entretanto, não é possível determinar o motivo da sua queda sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
          Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é que se pode esclarecer o que está ocasionando a queda.
          Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
          Estamos à disposição para ajudá-la.

    1. Olá, Antonia

      O TSH baixo pode ser sinal de hipertiroidismo (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-por-problemas-na-tiroide/), mas não de lúpus.
      Para saber o motivo do seu TSH estar baixo sugiro que procure um médico endocrinologista.
      Já os ter leucócitos baixos é um dos critérios diagnósticos, mas para o diagnóstico de lúpus é necessário apresentar outros exames alterados.
      Para esclarecer suas dúvidas, recomendo que procure um médico especialista em lúpus (reumatologista).

  2. Bom dia ! De um mês para cá percebi que meu cabelo está caindo demais, é entrelaçar os dedos sobre os fios que começam á sair nas minhas mãos, na hora do banho tbm, cai tudo de cabelo .. Eu sempre tive muito cabelo e são fios grossos .. Estou desesperada .. por favor me dê um retorno, obrigada !

    1. Olá, Gabriela

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/), incluindo doenças sistêmicas.
      Entretanto, não é possível determinar o motivo da sua queda sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa, com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  3. Preciso muito de ajuda, já não sei mas o que fazer com a queda excessiva de cabelo meus fios se destacam da raiz, já passei por dermatologista mas não resolveu. Me sinto muito depressiva com essa situação.

    1. Olá, Sancla

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-em-mulheres/).
      Entretanto, não é possível determinar o motivo da sua queda sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após check up completo, com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  4. Boa tarde Dr. Fiz um exame em minha filha e a fosfotase alcalina deu muito alta, o que isso pode indicar? E a queda de cabelo pode ter alguma relação com essa alteração?

    1. Olá, Cris

      A fosfatase alcalina é um exame associado ao fígado ou ao osso e costuma ser alto em crianças em desenvolvimento.
      A relação com cabelos depende dos outros exames, incluindo análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  5. Bom dia, tenho 29 anos…há pouco tempo descobri que tenho apenas um rim, o médico não sabe informar se nasci assim ou com o tempo atrofiou, sempre tive muita queda de cabelo e as unhas fracas, ter apenas rim rim pode ser o motivo? oq posso fazer?

    1. Olá, Priscila

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/). O rim único, no entanto, não costuma causar queda de cabelo.
      Para determinar o motivo da sua queda é preciso antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é que se pode esclarecer o que está ocasionando a queda.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  6. Tomei Acido Valproico e começou a cair em grande quantidade, suspendi a medicação mas ainda continua. Estou com 50 anos na fase da menopausa e tbm. carência de vitamina D.

    A ingestão do medicamento pode ter somado aos demais fatores e intensificado?

    1. Olá, Sonia

      O uso de medicamentos como o ácido valpróico pode contribuir para a queda (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-por-remedios/), assim com a menopausa (https://clinicadoppio.com.br/calvicie-e-queda-de-cabelos-na-menopausa/) e a carência de vitamina D (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-por-deficiencia-de-vitamina-d/).
      Além dessas, muitas outras causas (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas antes de se optar por mudar o remédio.
      Portanto, sugiro que passe por uma avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, para determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  7. Meu filho tem 4 anos e está com queda de cabelo, reparei que quando lavo os cabelos dele cai alguns não em muita quantidade, e quando seco alguns cai sobre o ombro, quando o cabelo dele está seco passo a mão sai alguns…. A queda de cabelo tem alguma ligação a câncer ou algo do tipo ? Mandei mensagem a pediatra dele e ela me disse que não tem sinal de doença….

  8. Tenho queda de cabelo há muitos anos, sempre procuro tratamento, mas nunca dão certo. O último dermatologista disse que tenho eflúvio Telogeno, já estou em tratamento mas nada de parar de cair, porém também tenho ovários policísticos.Devo partir pra outra linha de tratamento ou continuar tratando eflúvio Telogeno?

    1. Olá, Renata

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/), inclusive a síndrome dos ovários policísticos (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-sindrome-ovarios-policisticos/).
      Entretanto, não é possível determinar o motivo da sua queda sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é que se pode esclarecer o que está ocasionando a queda.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

        1. Olá, Shirley

          Doenças inflamatórias crônicas como o reumatismo podem contribuir para a queda de cabelo, mas não costumam ser a única causa.

  9. Boa tarde. Tenho artrite reumatóide desde os 35 e faço tratamento de infusão de um remédio chamado Simponi (golimumabi) trato de quedas à anos. Será que a artrite pode ajudar na queda do cabelo? E vocês fazem exames no próprio fio do cabelo? Obrigada

    1. Olá, Simone

      Doenças inflamatórias como a atrite reumatóide e as medicações usadas no tratamento podem colaborar em certo ponto com a queda, mas não costumam ser motivos suficientes para justificar uma queda mantida por anos.
      Existem muitas outras causas (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas.
      Portanto, sugiro que passe por uma avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, para determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      A Clínica Doppio é uma centro especializado no tratamento capilar e dispõe de recursos para exames do próprio fio do cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  10. Nunca tive problemas com queda de cabelo mas depois que tomei anestesia para fazer uma cesariana o meu cabelo nunca mais foi o mesmo. Está caindo muito até falhas tem, meu cabelo sempre foi saudável. Será que tem ligação com a anestesia.

  11. Dr descobrir que estou líquido na região pélvica Dip meu cabelo está tá caindo muito, já fiz vários tratamento no salão, a queda pode ser relacionada esse líquido?
    Desde já obrigado

  12. Olá Doutor. Tenho 44 anos e doença de Crohn há 25 anos, e faço uso de Azatioprina. Tenho notado queda acentuada dos cabelos há uns 5 anos. Essa condição é passível de tratamento ou somente implante mesmo?

    1. Olá, Antônio Franco

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-em-homens/).
      Entretanto, não é possível determinar o motivo da sua queda e coceira sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é possível saber o que está provocando esses sintomas.
      Por isso, mesmo quando bem indicado, é importante ter acompanhamento médico.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-lo.

Deixe um comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *