Nutrafol: indicações, composição, efeitos e resultados

Ao viajar para os Estados Unidos, alguns brasileiros trazem na bagagem o Nutrafol.

Com forte apelo de marketing, o produto é sucesso de vendas em terras ianques.

Graças a internet e globalização, não tarda muito para a novidade chegar ao Brasil.

Mas antes de aderir a modismos, vale a pena ter mais informações sobre o composto.

O que é Nutrafol?

O Nutrafol é um suplemento alimentar desenvolvido, patenteado e comercializado pela empresa americana Nutraceutical Wellness Inc.

Trata-se um blend de substâncias naturais com suposta ação na manutenção da saúde capilar.

Os 4 principais produtos da marca disponíveis no mercado são:

  • Nutrafol Men;
  • Nutrafol Women: para mulheres entre 18 e 44 anos;
  • Nutrafol Women’s Balance: voltado ao público feminino acima de 45 anos;
  • Nutrafol Postpartum: para queda de cabelo pós-parto.

A linha Nutrafol não para por aí. Existem ainda diversas outras opções de produtos como, por exemplo, boosters para situações específicas até tônicos, shampoo e condicionador.

Para que serve o Nutrafol?

A intenção da empresa Nutraceutical Wellness ao desenvolver o Nutrafol foi tratar os problemas capilares de uma forma mais ampla.

A partir de compostos naturais, o produto busca atuar em diversos fatores com possível participação na perda capilar como:

  • hormônios; 
  • estresse; 
  • estilo de vida; 
  • metabolismo; 
  • nutrição;
  • envelhecimento.

Ao combater a ação desses agentes, de acordo com o fabricante, o Nutrafol seria capaz de: 

  • interromper a queda de cabelo;
  • auxiliar no crescimento dos pelos velus e fios terminais;
  • colaborar no fortalecimento do fio, viabilizando o aumento da espessura da haste capilar. 

Com base nessas ações, o Nutrafol seria indicado para tratamento da queda e alopecia androgenética em homens ou mulheres.

Composição 

A fórmula do Nutrafol varia de acordo com sua versão.

Entretanto, a composição do Nutrafol Women e Men são semelhantes e contém os seguintes ingredientes:

Vitaminas e minerais

  • betacaroteno: vitamina A;
  • ácido ascórbico: vitamina C ( fruta Camu-Camu);
  • colecalciferol: vitamina D;
  • tocoferol: vitamina E;
  • biotina;
  • iodo (Laminaria Digitata);
  • selênio;
  • zinco.

Synergen Complex 

Colágeno marinho hidrolizado tipo I e III, Sensoril, Ashwagandha (raiz e folha), Saw Palmetto, cúrcuma, extrato de palma, ácido hialurônico.

Blend Nutrafol

Aminoácidos: L-cisteína, L-lisina, l-metionina, queratina solúvel

Extratos: cavalinha, resveratrol (Fallopia japonica), piperina (Black pepper), Capsicum.

Outros ingredientes

Hipromelose (celulose vegetal da cápsula), casca de arroz orgânico, peixe (bacalhau, arinca, hadoque, Pollock).

Embora também semelhante, a fórmula do Nutrafol Women’s balance acrescenta ainda Maca peruana e astaxantina à composição do suplemento.

Já o Nutrafol Postpartum tem mudanças mais significativas, como, por exemplo, exclusão do Saw palmetto e alguns outros ingredientes.

Por outro lado, ele inclui complexo B, ômega 3, Shatavari, L-teanina, extratos de maçã, urtiga e pó de espinheiro marinho.

De acordo com a fabricante, todas as versões de Nutrafol são livres de glúten, lácteos, soja, hormônios e aditivos artificiais.

Além disso, eles também destacam não utilizar Organismos Geneticamente Modificados (OGM) em seus produtos.

Por fim, pelas informações da empresa, o Nutrafol não engorda.

Como tomar o Nutrafol?

A recomendação do Nutrafol é de tomar 4 cápsulas ao dia, de forma contínua, ou seja, sem interrupções.

Não há nenhuma outra orientação específica sobre seu uso, como por exemplo, necessidade de ingestão após refeições.

Quanto tempo se deve tomar Nutrafol para fazer efeito?

De acordo com a fabricante, os resultados do Nutrafol dependem da continuidade do tratamento pelo período mínimo de seis meses.

Os benefícios capilares e da saúde como um todo seriam visíveis em etapas. 

No primeiro e segundo mês de suplementação ocorreria melhora de sintomas como estresse e insônia.

Entre três e quatro meses, haveria ganhos diretos na saúde capilar, com redução da queda e melhora da qualidade do cabelo.

Já no quinto e sexto mês, evidenciou-se o ganho de calibre do fio, com aumento do volume e da cobertura capilar.

A partir de seis meses, o tratamento enfim atingiria os resultados máximos nos quesitos crescimento e controle da queda.

No entanto, de acordo com o fabricante, para manter esses ganhos seria necessário fazer uso do suplemento indefinidamente.

Quem não pode tomar Nutrafol?

Não há descrição de contraindicações específicas ao uso suplemento.

A única restrição da empresa quanto à ingestão do Nutrafol é para pessoas menores de 18 anos.

Entretanto, grávidas e pacientes com condições especiais de saúde devem sempre consultar seu médico antes de tomá-lo.

Quais são os benefícios do Nutrafol?

O material de propaganda do produto afirma que o Nutrafol traz os seguintes benefícios:

  • ganho de volume capilar;
  • redução da queda de cabelo;
  • aumento da velocidade, força e crescimento capilar;
  • engrossamento de cílios e sobrancelhas;
  • diminuição do estresse;
  • melhora da qualidade do sono;
  • controle de fogachos do climaterio e menopausa (Women’s balance);
  • reposição de nutrientes para recuperação corporal pós-parto (Postpartum);
  • bloqueio da enzima 5-alfaredutase e do hormônio dihidrotestosterona sem causa impotência ou perda de libido em homens (Men).

Resultados 

Um dos trabalhos científicos de referência presentes no site do Nutrafol data de 2022.

No estudo, patrocinado pela própria empresa, os resultados antes e depois dos 87 participantes revelaram:

  • percepção de melhora da qualidade do cabelo em 83,7% dos homens e 79,5% das mulheres após 6 meses de tratamento;
  • diminuição da queda de cabelo;
  • melhora significativa do crescimento, volume e espessura do fio, com aumento da cobertura capilar.

Uma outra pesquisa da empresa, desta vez de 2018 com 60 mulheres, aponta ainda:

  • aumento de 10,2% no número de fios longos;
  • 32,41% de redução da queda de cabelo;
  • melhora geral do crescimento capilar em 73% das voluntárias.

Além disso, com relação ao grau de satisfação com o tratamento, a pesquisa revelou que:

  • 91% das voluntárias se sentem mais confortáveis ao tomar um suplemento natural;
  • 94% acham mais conveniente tomar cápsulas 1 vez ao dia do que aplicar tópicos;
  • 73% ficaram satisfeitas e 76% recomendam o produto.

Efeitos colaterais

O Nutrafol não apresentou efeitos adversos graves durante o período de teste.

Há apenas relatos de casos de náuseas e diarreia leve com melhora espontânea.

Nutrafol funciona?

Diferentemente de boa parte dos produtos para tratamento capilar, o Nutrafol até tem algumas pesquisas em revistas médicas.

Entretanto, como os estudos receberam financiamento da própria empresa fabricante, cria-se um viés importante na avaliação dos seus resultados.

Dessa forma, fica difícil considerar esses estudos científicos como critérios para decidir se o Nutrafol funciona.

Outra forma de se avaliar a eficácia e segurança do produto seria através da análise dos seus componentes.

No entanto, considerando-se seus ingredientes, verifica-se que nenhum deles tem regulamentação em agências de saúde como princípio ativo de outras medicações. Ou seja, não há nenhum componente na fórmula do Nutrafol com ação comprovada no tratamento da queda de cabelo ou alopecia.

Portanto, sem um bom embasamento de estudos científicos isentos ou princípios ativos regulamentados, não é possível afirmar que Nutrafol funciona.

Vale a pena tratar a queda de cabelo com Nutrafol?

O Nutrafol não é um remédio para tratamento de queda de cabelo ou calvície.

Seu registro na agência americana FDA é como alimento e não como medicamento.

Essa questão legal dispensa a fabricante de apresentar testes de eficácia e segurança capazes de comprovar os resultados alegados.

Portanto, ele não deve ser usado como tratamento alternativo ou natural, mas como um suplemento alimentar.

Além disso, seu uso para complementação nutricional também não deve ser feito por conta própria.

Isso porque o uso indiscriminado de suplementos pode causar excesso de vitaminas e minerais, agravando a queda de cabelo.

Dessa forma, é preciso fazer exames de sangue antes de tomar suplementos ou multivitamínicos.

Por fim, outros fatores negativos do Nutrafol são seu preço, dificuldade de acesso e de manutenção do esquema proposto.

Queda de cabelo: o que fazer?

A investigação das causas da queda de cabelo é o primeiro passo para se resolver o problema.

Somente após ampla investigação é possível traçar um programa de tratamento que respeite as necessidades individuais de cada organismo.

Assim, se seu cabelo está caindo e você não sabe por onde começar, podemos te ajudar.

A Clínica Doppio  possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície. Além disso, contamos ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

Dr. Nilton de Ávila Reis

CRM: 115852/SP | RQE 32621


Posts Relacionados

Umectação capilar noturna: dormir com óleo no cabelo faz mal?
Alguns sites e blogs da internet vem sugerindo dormir com óleo no cabelo para fazer... (Leia mais)
Riscos e efeitos colaterais da dutasterida para tratamento capilar
Desde a sua aprovação para tratamento da calvície masculina pela ANVISA, aumentou-se o interesse por... (Leia mais)
É bom usar Adeforte para cabelo?
Alguns sites e blogs da internet vêm incentivando as pessoas a utilizarem o Adeforte para... (Leia mais)

Deixe um comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *