Pomada para problemas no couro cabeludo: o que usar?

A escolha de uma pomada para couro cabeludo deve se basear fundamentalmente nas causas do problema a se tratar.

Isso porque diferentes condições, como dermatite, micose e foliculite, por exemplo, vão demandar princípios ativos específicos para o tratamento.

Como definir uma boa pomada para couro cabeludo inflamado?

Existem diversos fatores capazes de causar inflamação no couro cabeludo. Esses incluem desde agentes infecciosos como fungos, bactérias e vírus, até alergia ou a própria imunidade.

Cada uma dessas condições tem um tratamento próprio, podendo se agravar caso se utilize o remédio incorreto.

Por isso, é importante ter uma avaliação de um médico especialista antes de usar qualquer pomada para couro cabeludo.

Dermatite 

A dermatite de contato é uma reação alérgica a produtos ou substâncias de uso tópico.

Em geral, esse tipo de inflamação cutânea se apresenta com sintomas como lesões vermelhas, coceira,  feridas, casquinhas e esporadicamente bolhas.

Uma das características do eczema de contato é a regressão espontânea após identificação e afastamento do agente causal.

Além disso, em quadros mais persistentes pode ser necessário se usar pomada para couro cabeludo contendo corticoide.

Já a dermatite seborreica, a popular seborreia, consiste em um outro tipo inflamação do couro cabeludo.

Nessa condição, o quadro inflamatório parece contar com a participação de fungos e oleosidade excessiva.

Os sintomas são semelhantes ao da dermatite de contato.

Aliás, a seborreia é a principal causa de caspa em homens e mulheres.

O tratamento inicial da dermatite seborreica costuma ser o uso de xampus anticaspa.

Os princípios ativos desses produtos incluem substâncias como piritionato de zinco, ácido salicílico, cetoconazol, sulfeto de selênio, piroctolamina e outros.

Além do shampoo, em alguns casos pode ser preciso se usar uma loção ou pomada para couro cabeludo contendo corticoide.

O objetivo do uso corticoide, no caso, é sintomático, ou seja, a ideia é aliviar os sintomas.

Psoríase

A psoríase é uma doença inflamatória da pele, com possibilidade de acometimento articular.

As lesões atingem o couro cabeludo em 50% dos pacientes.

Na pele, a psoríase se manifesta por manchas ou placas escamosas brilhantes, com coceira, dor, queimação e até sangramento.

Trata-se de uma condição não contagiosa proveniente de alterações do sistema imunológico, com possível  componente genético.

A psoríase é uma doença crônica com períodos de remissão e recorrência.

Embora não se tenha uma cura, é possível controlar as lesões com o tratamento.

Na cabeça, as opções terapêuticas incluem xampu ou pomada para  couro cabeludo contendo corticóide, tacrolimus, calcipotriol, enxofre ou alcatrão. 

Em áreas descobertas do couro cabeludo também é possível se realizar fototerapia com PUVA ou UVB narrow band.

Nas formas mais graves, extensas e refratárias pode ser necessário se usar remédios por via oral ou até injetáveis.

Acitretina,  metrotexate, ciclosporina ou imunobilógicos são as alternativas para esses casos.

Pomada para couro cabeludo com queda de cabelo

Embora as dermatites do couro possam contribuir para a queda de cabelo, isso nem sempre acontece.

Entretanto, em algumas condições, a queda acompanha a inflamação do couro, sendo por vezes definitiva.

Em outros, o cabelo cai mesmo sem haver sinais inflamatórios na pele.

Alguns desses casos serão descritos a seguir.

Micose do couro cabeludo

A Tinea capitis ou impinge é uma infecção do couro cabeludo por fungos do gênero Trichophyton ou Microsporum.

Trata-se de uma condição contagiosa quase exclusiva da infância.

A micose se manifesta como manchas vermelhas, descamativas, com coceira e queda de cabelo local, formando falhas circulares.

Em casos graves, pode ocorrer alopecia, ou seja, perda definitiva dos cabelos.

Remédios antifúngicos orais são o tratamento de escolha para a micose do couro cabeludo.

Embora os tópicos também sejam efetivos em outras partes do corpo, o mesmo não ocorre com a pomada para couro cabeludo.

Líquen planopilar

O líquen planopilar é uma doença inflamatória não contagiosa do couro cabeludo.

A condição cursa com uma inflamação crônica dos folículos sem causas aparentes.

As lesões do líquen incluem pequenos halos vermelhos com descamação ao redor dos fios. 

Aos poucos, os fios vão caindo, dando lugar à fibrose, com perda definitiva dos cabelos.

Há diversas possibilidades terapêuticas para o líquen planopilar, algumas delas tópicas.

Entre elas, estão, por exemplo, loções, cremes ou pomada para couro cabeludo com corticoide ou imunomodulares.

Alopecia areata

Apesar de não apresentar uma inflamação aparente, a alopecia areata é uma causa autoimune de queda de cabelo.

Nessa condição, por motivos ainda não totalmente claros, o corpo passa a rejeitar os próprios cabelos.

Dessa forma, começam a se formar clareiras lisas na cabeça.

Além disso, podem ocorrer falhas na sobrancelha, cílios, barba e pelos corporais.

Embora haja regressão espontânea em boa parte dos casos, também não é incomum se observar a piora com o tempo.

Assim, quando o quadro está se arrastando, sem melhoras, é interessante tratar.

As opções de tratamento da alopecia areata incluem medicamentos tópicos e injetáveis.

Em quadros leves e crianças, o uso de uma pomada para couro cabeludo contendo corticoide pode ser uma boa alternativa.

Pomada para couro cabeludo com espinhas

A causa mais comum de espinhas no couro cabeludo é a foliculite, ou seja, a inflamação do folículo piloso.

As foliculites podem ter natureza infecciosa ou puramente inflamatória. 

O agente infeccioso da foliculite  também pode variar entre bactérias, fungos ou vírus.

Já no foliculite inflamatória, a causa da inflamação do folículo parece ser por alterações na resposta imune.

O quadro clínico das foliculites infecciosas e inflamatórias é semelhante.

Além da foliculite de couro cabeludo pode se apresentar com coceira, dor, pus, feridas, sangramento e casquinhas. 

Por isso, muitas vezes para se fazer a diferenciação são necessários exames complementares.

Uma vez que o diagnóstico é feito, fica mais fácil planejar o tratamento.

No caso da foliculite infecciosa, o tratamento pode envolver remédios orais ou uma pomada para foliculite direcionada ao agente responsável.

Na foliculite bacteriana leve, por exemplo, uma pomada para foliculite contendo antibiótico pode ser suficiente.

Casos mais graves geralmente necessitam de remédios antibacterianos orais, podendo ainda ser preciso complementar com uma pomada para couro cabeludo.

Na foliculite inflamatória não infecciosa, no entanto, o tratamento é mais complexo. Isso porque além de não se conhecer bem suas causas, a evolução dessas doenças costuma ser errática imprevisível.

Dessa forma, a foliculite inflamatória pode demandar abordagens variadas incluindo pomadas para couro cabeludo contendo antibiótico, corticoide, imunomoduladores, dentre outros.

Pomada para couro cabeludo com feridas

O aparecimento de feridas é outra situação na qual pode ser necessário se usar uma pomada para couro cabeludo específica.

As feridas podem ser secundárias a traumas, queimaduras, infecções e doenças cutâneas como, por exemplo, o câncer.

Apesar de todas essas condições resultarem em feridas, o tratamento é diverso.

Traumas

Acidentes com objetos pontiagudos ou cortantes, quedas ou batidas podem abrir feridas na cabeça.

De acordo com a profundidade do corte, pode ser necessário se dar pontos para fechar a ferida. Além disso, dependendo da situação, é aconselhável se tomar remédios orais e até vacinas.

Lesões rasas, sem sinais de infecção grave podem se beneficiar de tratamentos tópicos.

A pomada de couro cabeludo, no caso, passa a ser uma boa indicação.

Por conter agentes capazes de ajudar na cicatrização, ela acelera a recuperação e fechamento da ferida.

Pomada contendo antibiótico tópico também pode ser útil em alguns casos.

Queimaduras

Já existem algumas pomadas para queimadura  disponíveis no mercado.

Entretanto, dependendo da causa e profundidade da queimadura, a pomada para couro cabeludo pode ser diferente.

Antibióticos, corticoide, sulfadiazina de prata, calamina, ácidos graxos e outros agentes podem fazer parte do arsenal terapêutico das queimaduras.

Pomada para couro cabeludo com câncer ou lesões pré-cancerígenas

Em pessoas com alopecia, o couro cabeludo é uma área com grande propensão ao aparecimento de carcinomas.

Na maior parte das vezes, a cirurgia é o tratamento de escolha do câncer cutâneo.

Entretanto, dependendo do tipo e estágio do tumor, tratamentos tópicos também se tornam uma alternativa.

Esse é o caso, por exemplo, da doença de Bowen ou do carcinoma basocelular superficial. 

Lesões pré-malignas como a queratose actínica também podem ser tratadas com uma pomada para couro cabeludo.

Agentes como o ácido retinóico, 5-fluoruracil e imiquimod são algumas das opções de pomadas usadas com essa finalidade.

Problemas no couro cabeludo: qual pomada usar?

Ao se confrontar com um problema de qualquer natureza, um dos primeiros impulsos é tentar resolvê-lo sozinho.

Por isso, no campo da saúde, é frequente a automedicação com uso de pomadas.

Essa escolha se deve, em partes, ao seu fácil acesso e, por ser tópica, a sua ação mais restrita.

Esses fatores acabam fazendo da pomada de couro cabeludo uma primeira tentativa de tratamento antes de procurar um médico.

Entretanto, mesmo sendo tópica, a pomada de couro cabeludo pode agravar e muito a situação.

O primeiro problema, no caso, é retardar o diagnóstico e tratamento corretos.

A pomada pode mascarar ou modificar o quadro clínico do paciente, dificultando o diagnóstico.

Além disso, ela pode causar efeitos colaterais locais e sistêmicos.

Atrofia da pele, vasinhos, estrias, aparecimento de pelos anormais, inchaço e ganho de peso são algumas das complicações do uso inadequado de pomadas.

Por outro lado, se bem indicada, a pomada para couro cabeludo pode ser boa opção terapêutica.

Quer saber como resolver seu problema no couro?

Então, faça-nos uma visita!

A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.
Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

Dr. Nilton de Ávila Reis

CRM: 115852/SP | RQE 32621


Posts Relacionados

Umectação capilar noturna: dormir com óleo no cabelo faz mal?
Alguns sites e blogs da internet vem sugerindo dormir com óleo no cabelo para fazer... (Leia mais)
Riscos e efeitos colaterais da dutasterida para tratamento capilar
Desde a sua aprovação para tratamento da calvície masculina pela ANVISA, aumentou-se o interesse por... (Leia mais)
Foliculite queloidiana da nuca: causas, sintomas, prevenção e tratamento
Embora não apresente riscos à saúde, a foliculite queloidiana da nuca pode gerar um incômodo... (Leia mais)

25 Responses

    1. Olá, Deyanira

      Existem algumas causas de queda de cabelo com caspa (https://clinicadoppio.com.br/queda-de-cabelo-com-caspa/) que precisam ser investigadas antes de te indicar qual o melhor tratamento.
      Para isso é preciso fazer uma após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  1. Ola meu filho está com o couro cabeludo descamando e fica todo verde não pode deixa o cabelo crescer. Está descendo pra orelha que devo passar cetoconazol não resolve

    1. Olá, Clineia

      Existem algumas possibilidades para o quadro descrito por você.
      Para saber exatamente o que está acontecendo é preciso passar por uma avaliação médica.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é que se pode esclarecer o que está ocasionando o quadro.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-los.

    1. Olá, Beatriz

      Existe algumas possibilidades para o quadro descrito ppr você.
      Mas para saber exatamente do que se trata, é preciso examinar.
      Por isso, sugiro que agende uma consulta para avaliação pelo telefone (11) 38539175.
      Ficamos à disposição para ajudá-la.

      1. doutor fui a uma tricologista em sao paulo, e ela diagnosticou inicio de alopecia , entupimento do bulbo e ima imflamaçao no couro, alem da ma circulaçao sanguínea oque faço ? estou aplicando therapsor 6 gotas de dia e de noite

        1. Olá, Bianca

          A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento depende de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
          Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
          Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
          Estamos à disposição para ajudá-la.

    2. meu filho desde 1 ano de idade sofre ferimentos na cabeça o qual fica coçando e com pus já passei por várias pediatra que sempre manda lavar a cabeça com shampoo que tenha cetoconazol mais continua do mesmo jeito,agora meu filho está com 4 anos e não achei ainda uma solução, não tenho nem mais pomada pra usar das que foram passada pelo médico.

    1. Olá, Maria do Carmo

      Existem algumas possíveis causas para feridas no couro cabeludo (https://clinicadoppio.com.br/feridas-no-couro-cabeludo-pode-ser-cancer/).
      Antes de te indicar o que usar, é preciso primeiro examinar seu couro.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), é que se pode esclarecer o que está ocasionando as casquinhas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  2. Olá , eu preciso da vossa ajuda 😞… Eu coloquei inseticida no cabelo por 3 dias com o intuito de matar piolhos , e no quarto dia quando fui tirar o lenço a cabeça estava toda inflamada e queimava muito , eu gostaria de saber o que posso usar para aliviar as dores e a inflamação , visto que ela está até na testa . por favor

    1. Olá, Caridade

      Sugiro que siga as seguintes orientações:
      1. evitar o Sol;
      2. ao sair, proteger a área queimada com chapéu ou boné;
      3. tomar banhos frios para aliviar a dor e desconforto. Ao sair do banho secar a cabeça levemente;
      4. evitar usar xampus ou produtos capilares que possam agravar a irritação como, por exemplo, esfoliantes, ou anti-resíduos;
      5. após uma queimadura solar no couro cabeludo não é um bom usar produtos no cabelo como cremes ou gel, pois eles podem irritar mais a região afetada;
      6. secadores também não devem ser usados nesse período, pois eles também podem intensificar os danos;
      7. cremes hidratantes à base de aloe vera podem ser usados para aliviar os sintomas.
      8. em caso de dor, pode-se tomar um analgésico de costume;
      9. não se deve aplicar chás, produtos caseiros, água oxigenada, cremes ou pomadas na pele queimada pelo Sol, sem orientação médica;
      10. não aplicar gelo ou qualquer objeto gelado no couro;
      11. no caso de a formação de bolhas, elas não devem ser manipuladas ou estouradas, pelo risco de infecções. O mais correto é procurar um médico especialista assim que possível;
      12. não tente tirar as casquinhas ou cabelos que ficaram grudados;
      13. vá a um médico dermatologista.

  3. boa noite meu filho tá com falhas no cabelo em círculos, já foi pro dermatologista não resolveu, cresce de um lado e cai de outro…tem alguma pomada

    1. Olá, Nuciene

      A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-los.

  4. bom dia doutor preciso de ajuda tenho feridas na cabeça e algumas unhas dos pés enfraquecidas já fui a alguns dermatologista e até agora nada por favor o posso usar.obg.

    1. Olá, Eneas

      É preciso examinar seu couro cabeludo e suas unhas para saber do que se trata.
      Dependendo das suspeitas, pode ser que sejam necessário até fazer exames de sangue, das unhas acometidas e biópsia.
      Portanto, sem avaliar, não tem como te orientar sobre o que usar.
      Por isso, é preciso agendar uma consulta.
      Se quiser mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-lo.

  5. Oi minha filha está com a cabeça tomada de caspa e a região dos olhos boca já fui no dermatologista e oq passou muito caro queria outra fórmula mais em conta de shampoo loção e pomada

  6. Olá tudo bem? Tenho muita dor no couro cabeludo e muita queda , o couro cabeludo fica muito dolorido para que está inflamado como faço? Obrigada!

    1. Olá, Rozeli

      Existem algumas possibilidades para o quadro descrito por você.
      Para saber exatamente o que está acontecendo é preciso passar por uma avaliação médica.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é que se pode esclarecer o que está ocasionando a queda.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  7. Estou com queda de cabelo … mas olho meu couro cabeludo e está normal ( sem vermelhidão ou caspa ou feridas ) … agora começou a coçar … e principalmente no banho vai muito o cabelo … o que fazer ?

    1. Olá, Mari

      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-em-homens/) e coceira no couro cabeludo (https://clinicadoppio.com.br/coceira-no-couro-cabeludo-e-queda-de-cabelo/)
      Entretanto, não é possível determinar o motivo da sua queda e coceira sem antes passar por uma avaliação médica especializada.
      Somente após avaliação completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, é que se pode esclarecer o que está ocasionando a queda.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  8. olá, utilizei quimica no cabelo e pegou no couro cabeludo, agora está ardendo muido e cocando , sem contar que esses dias tava saindo umas bolinhas vermelhas minusculas da cabeça, acredito que machucou , porém não percebi feridas.

  9. boa noite doutor minha filha tem 9 anos e está com feridas na cabeça casca e mal cheiro e muitas das vezes coça não sei mais oq fazer vc pode me dar uma orientação

    1. Olá, Letícia

      Essa época é um pouco ruim para conseguir assistência médica, mas assim que possível, leve sua filha em um pediatra para que ela possa ser examinada e, a partir do diagnóstico, receba as orientações adequadas.
      Por enquanto, procure lavar a cabeça dela todos os dias, com xampus neutros e suaves, água morna, secando bem com toalha.
      Não aplique pomadas ou produtos caseiros sem orientação médica.
      Isso pode agravar ainda mais o quadro.

Deixe um comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *