Queda de Cabelo Masculino

A queda de cabelo masculino é muito frequente.

Estatísticas apontam que mais de 80% dos homens têm afinamento dos cabelos com algum grau de rarefação durante a vida.

A diminuição dos cabelos em homens pode gerar ansiedade e estresse, principalmente pela velocidade e intensidade da evolução do quadro.

Agende uma Consulta

Preencha o formulário abaixo com suas dúvidas ou ligue para nós!


    É normal ter queda de cabelos?

    A queda de cabelo masculino faz parte do ciclo do pelo, sendo normal encontrar fios no banheiro ou no travesseiro. É esperado que caiam até 100 fios ao dia.

    Geralmente essa quantidade de fios não costuma chamar a atenção, pois faz parte da rotina das pessoas.

    Entretanto, quando se observa um maior volume de fios caindo, é preciso que se avalie possíveis causas.

    O que pode causar queda de cabelo masculino?

    O aumento da queda de cabelo masculino pode ter diferentes origens, variando desde doenças sistêmicas, problemas hormonais e condições genéticas até alterações do couro cabeludo e hábitos de vida.

    Assim, o primeiro passo para identificar as causas da queda excessiva é fazer uma investigação completa, analisando, dentre outros:

    Que do cabelo masculino

    É possível recuperar os cabelos que estão caindo?

    A queda não significa necessariamente a perda dos fios.

    Os fios que caem pelo ciclo natural do pelo são repostos por outros, iniciando-se um novo ciclo.

    Além disso, muitas condições que provocam a queda excessiva são transitórias, com possibilidade de recuperação completa após identificação e tratamento dos seus fatores causais.

    Quando a queda evolui para perda dos fios, tem-se o quadro de calvície.

    A calvície pode ser decorrente de diversas condições, como fatores genéticos, doenças inflamatórias e cicatriciais do couro cabeludo ou mesmo após trauma ou radioterapia no local.

    Entre em Contato

    A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

    Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

    WhatsApp
    (11) 93801-1653

    Telefone
    (11) 3853-9175

    Faça uma Visita
    Av. Lavandisca, 777, 3º andar
    Moema, São Paulo - SP

    Principais Dúvidas

    Apesar de existirem diversas condições que podem afetar os homens, a causa mais comum de calvície é a alopecia androgenética.

    A alopecia androgenética caracteriza-se pelo afinamento progressivo dos fios, aumento da queda e rarefação capilar em graus variáveis.

    O processo, chamado miniaturização, ocorre por ação de hormônios masculinos em pessoas com predisposição genética.

    Mudanças nas características dos cabelos como cor, forma, volume e textura podem ser as primeiras alterações notadas na alopecia androgenética.

    A evolução do quadro é variável, com alguns casos apresentando recessos frontais ou “entradas”, rarefação no vértex ou “coroa” ou um quadro mais difuso e extenso.

    O primeiro passo é identificar a causa o quanto antes possível.

    Como a perda de cabelos costuma ser progressiva, o tempo gasto na percepção e identificação do problema pode ser crucial para o resultado.

    Existem opções de tratamento para os diversos graus de calvície.

    O tipo de tratamento depende do grau de evolução do quadro.

    Em casos de rarefação leve ou moderada, o tratamento clínico costuma ser a melhor indicação.

    O tratamento clínico é realizado com medicações e terapias capilares, com o intuito de recuperar os fios afetados pela miniaturização.

    A resposta ao tratamento clínico vai depender do grau de evolução do quadro e da resposta individual ao tratamento, com possibilidade de significativo grau de melhora.

    Em casos de alopecia avançada, deve-se considerar a possibilidade de métodos de reconstrução capilar, dentre eles o transplante cirúrgico.

    Se a queda dos fios está exagerada ou estiver acompanhada da percepção de afinamento dos fios, rarefação ou falhas no couro cabeludo, deve-se procurar o médico para avaliação.

    A queda pode ser controlada, com resultados mais interessantes quanto antes for reconhecida e tratada.