cabelo no travesseiro causa roupa de cama

Cabelo no travesseiro? 5 dicas e cuidados ao se deitar

Além do chão do banheiro, é comum que pessoas com queda capilar também se queixem de encontrar cabelo no travesseiro.

Não que isso seja necessariamente um problema, uma vez que é normal que encontrar alguns fios na fronha ao se levantar.

Afinal de contas, para garantir um sono restaurador é recomendável dormir, ao menos, 8 horas por noite. Isso significa passar um terço do dia e, consequentemente, da vida dormindo.

O movimento da cabeça contra o travesseiro durante todo esse período faz com alguns fios se desprendam enquanto se dorme.

Algumas dicas e cuidados simples, no entanto, podem ajudar a reduzir o desconforto de se encontrar fios de cabelo no travesseiro.

A primeira delas é com a própria qualidade do sono.

Devido à importância do repouso para a saúde, é interessante ficar atento a detalhes que possam garantir noites mais agradáveis.

Nesse sentido, a roupa de cama, além de poder contribuir para a qualidade do sono, também pode impactar na beleza e saúde dos cabelos.

Qual a influência da roupa de cama nos cabelos?

A aparência dos cabelos pode variar de acordo com uma série de fatores ambientais, como temperatura, umidade do ar e vento, por exemplo.

Os cuidados que se tem com os fios, incluindo higienização, produtos e procedimentos capilares também afetam seu visual.

Além disso, a qualidade e aparência dos cabelos também são afetadas pelo atrito do fio com outros materiais como pente, toalha e roupa de cama.

Dessa forma, ter uma roupa de cama apropriada pode interferir não só na qualidade do sono, mas também na estética dos fios.

Isso porque tecidos como algodão e poliéster, usados nas roupas de cama, são mais rígidos, causando maior atrito com os fios.

O resultado pode ser maior desgaste da superfície do fio, com tendência à formação de frizz e quebra capilar.

O atrito também é responsável pela maior tração dos fios enquanto se dorme e, consequentemente, da maior quantidade de fios de cabelo no travesseiro.

Outro aspecto a ser considerado é a capacidade dos tecidos em absorver a umidade.

Durante o sono, o corpo reduz a temperatura central, aumentando a da pele.

Com isso, a tendência é suar mais enquanto se dorme, especialmente em áreas abafadas como o couro cabeludo.

Materiais como algodão e poliéster são mais absorventes, o que significa que eles tendem a puxar e reter a umidade nos tecidos.

Ao manter o couro úmido e abafado por mais tempo, cria-se um ambiente propício ao crescimento de fungos e desenvolvimento de dermatites do couro cabeludo.

Por sua vez, quadros de dermatite do couro cabeludo podem favorecer o aumento da queda de cabelo.

Essa seria outra possível causa de se encontrar mais cabelo no travesseiro ao acordar.

Qual o tecido mais apropriado para roupa de cama?

Considerando esses fatores, estudos demonstram que a seda é o tecido mais recomendado para roupa de cama, tanto pelos benefícios aos cabelos como pelo conforto térmico para dormir.

A seda é produzida com fios ultrafinos resultantes do trabalho do bicho-da-seda. O produto final é um tecido antibacteriano, antialérgico e termodinâmico.

Ele tende dissipar o calor mantendo o couro menos quente e abafado. E por absorver menos, também retém menos a umidade do suor.

Além disso, a seda promove menor atrito entre a roupa de cama e os fios de cabelo.

Dessa forma, os fios ficam menos emaranhados e embaraçados, além de também se desprenderem menos fios cabelo no travesseiro.

5 cuidados para se encontrar menos fios de cabelo no travesseiro

Além de usar roupas de cama com tecidos mais macios e apropriados, especialmente as fronhas que ficam em contato direto com o cabelo durante a noite, existem outros cuidados que podem ser adotados visando melhorar a saúde do cabelo e couro cabeludo.

Essas dicas podem ajudar a diminuir significativamente a quantidade de fios de cabelo no travesseiro.

1. Não dormir com o cabelo molhado

Muitas pessoas gostam de lavar os cabelos à noite.

Apesar de não ser contraindicado lavar os cabelos no fim do dia, dormir com o cabelo molhado pode ser prejudicial para o couro cabeludo.

Isso porque a umidade e o abafamento do couro favorecem a proliferação de fungos, o que pode agravar quadros de dermatite do couro e queda de cabelo.

Isso definitivamente aumenta a quantidade de fios de cabelo no travesseiro!

Dessa forma, a recomendação é sempre secar bem o cabelo com secador antes de se deitar.

2. Usar lenço de cetim – medida simples para evitar cabelo no travesseiro

Envolver os fios em um lenço de cetim antes de dormir também pode trazer algumas vantagens, entre elas a de reduzir a quantidade de fios de cabelo no travesseiro.

O lenço de cetim ajuda a manter penteados e cachos, evitando o cabelo de manhã com aquele aspecto armado e desarrumado.

Além disso, ele reduz o atrito dos fios com a roupa de cama, em especial a fronha, reduzindo o frizz, a quebra e o desprendimento do cabelo no travesseiro.

3. Não dormir com o cabelo preso

Outro erro comum que compromete a beleza dos fios e a saúde do couro cabeludo é dormir com o cabelo preso com penteados apertados.

Deixar os fios presos por tantas horas, com uma tensão constante no couro cabeludo, vai resultar em danos aos fios e também ao couro cabeludo.

Essa tensão associada ao atrito do tecido da fronha colaboram para que se encontre uma maior quantidade de cabelo no travesseiro ao acordar.

Caso você tenha dificuldade em dormir com os fios soltos, opte pelo lenço de cetim ou faça um um coque ou uma trança clássica de três mechas.

Esses penteados ajudam a reduzir o atrito e a queda de cabelo no travesseiro.

Em ambos os penteados, eles devem ser mais soltos para reduzir a pressão na raiz do cabelo.

O material do prendedor dos cabelos também precisa ser observado.

Fitas de tecidos macios devem ter preferência sobre elásticos de borracha ou gominhas de materiais duros.

4. Remover as extensões

Pessoas que usam apliques ou extensões capilares, devem sempre removê-las antes de dormir, pois o atrito durante o sono prejudicará tanto os fios naturais quanto a extensão, aumentando a quantidade de fios de cabelo no travesseiro.

5. Atenção aos sinais de queda

É fundamental manter-se vigilante quanto à saúde dos fios, observando se há fios caindo excessivamente na roupa de cama durante a noite.

O primeiro passo é tentar adotar as dicas anteriores, dentre elas a do uso de uma roupa de cama com tecidos mais macios.

Entretanto, caso nem esses cuidados deem resultado e se continue a observar muitos fios de cabelo no travesseiro é hora de consultar um médico especializado.

Queda de cabelo no travesseiro: como evitar essa situação?

Existem diversas possíveis causas de queda de cabelo que justificariam a desagradável sensação de encontrar uma excessiva quantidade de fios de cabelo no travesseiro.

Algumas delas podem ser evitadas com medidas e cuidados simples associados aos hábitos que antecedem o momento de se deitar.

Outras, entanto, necessitam de investigação com exames de sangue e avaliação médica do fio e do couro cabeludo.

A Clínica Doppio possui uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície. Além disso, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

Atendimento

Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo protegido.