Queda de cabelo por deficiência de vitamina D

Tanto a queda de cabelo por deficiência de vitamina D quanto outros aspectos envolvendo essa vitamina começaram a ser melhor esclarecidos.

A vitamina D tem sido um assunto muito comentando entre médicos e a população em geral.

Além de estar envolvida no desenvolvimento e manutenção de cabelos saudáveis, ela também participa de diversas outras funções biológicas.

Papel da vitamina D

Estudos têm revelado diversas funções e propriedades relacionadas a essa vitamina, inclusive uma possível queda de cabelo por deficiência de vitamina D.

Alguns desses atributos da vitamina serão descritos a seguir.

Controle do metabolismo do cálcio e do fósforo

O cálcio e o fósforo entram na composição de ossos e dentes. Sendo assim, a vitamina assume importante papel na manutenção da saúde dessas estruturas, evitando o raquitismo e combatendo a osteoporose.

Além disso, através desses minerais, a vitamina D pode interferir em funções vitais como coagulação do sangue, resposta imune, contração muscular e produção e armazenamento de energia.

Diminuição do risco de eventos cardiovasculares

A vitamina D diminui o risco de eventos como infarto e derrame cerebral por atuar nos fatores de risco, como hipertensão arterial, diabetes e colesterol.

Além disso, estudos têm revelado que ela também interfere do processo de aterosclerose dos vasos. A aterosclerose é um dos principais fatores de risco para doenças cardiovasculares.

Prevenção do câncer

A vitamina D diminui o aparecimento, a progressão e o risco de metástases. Os tipos mais mencionados são o câncer colorretal, câncer de mama e próstata.

Prevenção de doenças autoimunes

Doenças autoimunes são aquelas em que há destruição de células e tecidos do corpo pelo próprio sistema de defesa do organismo.

São exemplos de doenças autoimunes: vitiligo, diabetes tipo I, lúpus, psoríase e, no caso do cabelo, a alopecia areata. 

Formas da vitamina 

Existem 2 formas básicas de vitamina D:

  • Vitamina D2: colecalciferol;
  • Vitamina D3: ergocalciferol.

Tanto a D2 proveniente da dieta, quanto a D3, produzida na pele, ainda passam por mais 2 etapas de processamento para formar a vitamina D ativa.

São elas:

  • Fígado: conversão das formas D2 e D3 em 25-OH vitamina D;
  • Rim: conversão da 25-OH vitamina D em 1,25-OH vitamina D, ou calcitriol.

O calcitriol é forma ativa da vitamina, responsável por exercer suas funções no corpo.

Como obter vitamina D para evitar a queda de cabelo?

A D2 é obtida através dos alimentos e suplementos vitamínicos.

As principais fontes da dieta são: peixes (atum, sardinha, salmão), ostras, fígado bovino, ovos, queijos.

A ingestão diária recomendada (IDR) é de 15 a 20 microgramas (mg) por dia. Como 1 mg equivale a 40 unidades internacionais (IU), a IDR é de 600-800 IU por dia.

Por sua vez, a D3 pode ser obtida por diferentes processos:

  • Dieta: alimentos ricos em D2 podem fornecer pequenas quantidades de D3. Quantidades mais significativas podem ser obtidas pelo óleo de fígado de bacalhau;
  • Produção pela pele: a maior parte da D3 é formada a partir do colesterol existente nas células da pele. Parte desse colesterol, chamada 7-dehidrocolesterol, quando exposto à radiação solar (UVB), transforma-se em D3.

 

De uma maneira geral, a exposição das mãos, braços e pernas aos raios solares 2-3 vezes por semana durante 15 minutos costuma ser suficiente para a pele produzir a quantidade necessária de vitamina.

Entretanto, o tempo necessário para se atingir um valor adequado dessa vitamina varia de acordo com:

  • Fatores ambientais que interferem: localização (latitude), estação do ano, condições climáticas (por exemplo, tempo nublado) e poluição;
  • Fatores individuais: idade, peso, cor da pele e exposição ao Sol.

 

A vitamina excedente é armazenada na gordura corporal, sendo a reserva acumulada por 6 dias de exposição solar suficiente para 49 dias de uso.

Queda de cabelo por deficiência de vitamina D

De acordo com estudos recentes, a vitamina D desempenha um papel fundamental nas células-tronco dos fios de cabelo, através de seus receptores celulares.

Os VDRs, receptores de vitamina D, são os locais onde a vitamina se liga nas células para desempenhar suas funções. Esses receptores são essenciais para que ocorra um ciclo normal do pelo e, portanto, no processo de renovação e de manutenção do fio. Ao comprometer essas células, a deficiência da vitamina leva à ruptura do processo e consequentemente aumento da queda dos cabelos.

Além disso, estudos sugerem que a queda de cabelos por deficiência de vitamina também pode ocorrer na alopecia areata.

A alopecia areata é uma condição autoimune em que ocorre queda abrupta de pelos ou fios de cabelos, formando falhas no couro cabeludo ou em qualquer área do corpo que tenha pelos.

Queda de cabelo por deficiência de vitamina D: o que fazer?

Independente do mecanismo, a vitamina D está cada vez mais associada à manutenção da saúde capilar.

Portanto, o exame inicial deve incluir a sua mensuração, pois a queda de cabelo por deficiência de vitamina D é uma das possibilidades.

Através de uma avaliação completa é possível se ter o diagnóstico correto dos problemas capilares.

A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento da queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e uma equipe preparada para ajudar no seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha informações e cuidados para o seu caso.

Dr. Nilton de Ávila Reis

CRM: 115852/SP | RQE 32621


Posts Relacionados

Umectação capilar noturna: dormir com óleo no cabelo faz mal?
Alguns sites e blogs da internet vem sugerindo dormir com óleo no cabelo para fazer... (Leia mais)
Riscos e efeitos colaterais da dutasterida para tratamento capilar
Desde a sua aprovação para tratamento da calvície masculina pela ANVISA, aumentou-se o interesse por... (Leia mais)
É bom usar Adeforte para cabelo?
Alguns sites e blogs da internet vêm incentivando as pessoas a utilizarem o Adeforte para... (Leia mais)

2 Responses

  1. Meu couro cabeludo esta coçando e meu cabelo está caindo da raiz minha sombrancelha está coçando meu cabelo está fraco e fino onde tem cabelo coça o que pode ser tem umas bolinhas na nuca e no meio da cabeça são poucos o que pode ser será que peguei micose quando fui pintar o cabelo não estou pintando por que cai muito

    1. Olá, Edna

      Acredito que você precisa procurar um médico especialista (https://clinicadoppio.com.br/medico-especialista-em-cabelos/).
      Existem muitas causas para queda de cabelo (https://clinicadoppio.com.br/causas-de-queda-de-cabelo-feminino/) que precisam ser investigadas.
      Portanto, é preciso passar por uma avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, para determinar os motivos da sua queda de cabelo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

Deixe um comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *