A possibilidade de queda de cabelo por xampu a seco é sempre questionada quando se fala sobre o produto.

Ainda mais por se tratar de um produto frequentemente usado em mulheres com cabelos finos para aumentar o volume capilar.

Xampu a seco

Existem muitos tipos de xampus, com formulações desenvolvidas para as mais diversas funções.

Em comum, eles possuem a ação de facilitar a mistura do óleo na agua, permitindo sua remoção pelo enxágue.

Nesse sentido, o nome xampu a seco pode não ser o mais adequado.

Isso porque o xampu a seco apenas absorve o óleo produzido pelo couro cabeludo ou proveniente de produtos para cabelos.

Ele não remove a sujeira, descamação, agentes químicos ou poluentes que se acumulam nos cabelos e couro.

Portanto, diferentemente dos xampus tradicionais, ele não tem ação detergente, só mascarando a oleosidade.

Como funcionam os xampus a seco?

Os xampus a seco possuem diferentes combinações de substâncias com poder de absorver o óleo:

  • Amido de milho
  • Kaolin
  • Pó de succinato de octenil alumínio
  • Extrato de Laminaria saccharina ou alga marrom

 

Além desses, outros compostos presentes na fórmula são

  • Estearato de magnésio: usado para evitar que moléculas de amido de milho se aglomerem.
  • Álcool desnaturado: funciona como um solvente do amido de milho ou kaolin. Além disso, ao evaporar, ele confere um efeito de refrescância do couro cabeludo.
  • Gases derivados do petróleo: trata-se geralmente de uma mistura de butano, propano e isobutano. Esses gases são responsáveis pela formação jato do aerosol.
  • Substâncias de apelo comercial: nesse grupo enquadram-se fragrâncias, óleos e extratos vegetais dentre outros.

 

Queda de cabelo por xampu a seco

O uso esporádico de xampu a seco não costuma prejudicar os cabelos.

Entretanto, seu uso frequente ou em substituição ao xampu tradicional pode trazer problemas.

Além de comprometer a higiene, esse hábito pode causar danos ao fio e ao couro cabeludo.

O uso frequente de xampus a seco pode levar ao ressecamento do fio, tornando-o opaco e frágil.

Como consequência, podem ocorrer danos como fraturas e quebra do fio, só corrigidas com o corte dos cabelos danificados.

Além disso, o uso constante do xampu a seco pode interferir na frequência com que se lavam os cabelos com xampu tradicional.

Essa mudança na rotina da higiene capilar costuma ser prejudicial.

O acúmulo de óleo, células mortas, toxinas, poluentes e outras partículas pode provocar irritação do couro cabeludo, favorecer infecções e queda de cabelos.

Pessoas com condições como caspa, seborréia ou outras dermatites do couro cabeludo são ainda mais susceptíveis.

Assim, quando presente, a queda de cabelo por xampu a seco não costuma ser consequência direta dos seus componentes, mas de seu uso incorreto.

Queda de cabelo por xampu a seco: o que fazer

O xampu a seco é um produto usado para diminuir o aspecto de oleosidade dos cabelos.

Entretanto, ao contrário do xampu tradicional, ele não remove as sujeiras e a oleosidade dos fios ou couro cabeludo.

Ele apenas absorve o excesso de óleo, o que pode resultar em um aparente ganho de volume.

Portanto, ele não o substitui.

Mas desde que usado corretamente, não é esperado que o xampu a seco cause aumento da queda de cabelos.

Assim, em caso de queda, o primeiro passo é verificar se o produto está sendo usado de forma adequada.

Se o uso estiver correto, faz-se necessário investigar outros possíveis aspectos associados à queda de cabelos como hábitos de vida, medicações e condições de saúde.

A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu