Como cuidar do couro cabeludo após queimadura solar?

No verão é necessário adotar diversos cuidados para evitar problemas como a queimadura solar no couro cabeludo.

Esse tipo de queimadura ocorre quando há uma exposição intensa do couro cabeludo aos raios ultravioleta (UV).

Como prevenir a queimadura solar no couro cabeludo?

As queimaduras em decorrência da exposição solar são mais frequentes em pacientes calvos ou com fios ralos.

O cabelo é um fator natural importante para proteção do couro cabeludo e sua ausência aumenta as chances de queimadura.

Sendo assim, a melhor forma de prevenir as queimaduras solares é evitar a exposição prolongada do couro ao Sol, especialmente no período das 10h às 16h, horário no qual a radiação solar é mais intensa.

Quando não for possível evitar a exposição, alguns cuidados devem ser tomados.

O primeiro deles é o uso do protetor solar na área calva.

Para garantir uma proteção adequada, o filtro solar deve ser reaplicado a cada 2 horas em caso de exposição solar intensa. A reaplicação do protetor solar também deve ser reforçada após mergulhos no mar ou piscina.

Além disso, quando possível, deve-se considerar o uso de boné ou chapéu para se proteger do Sol.

Como identificar a queimadura solar no couro cabeludo?

Além da prévia exposição solar, uma dica para saber que se trata mesmo de uma queimadura solar é o acometimento concomitante de outras áreas fora do couro cabeludo.

Isso porque alguns sintomas da queimadura solar no couro cabeludo são semelhantes ao da queimadura por qualquer outra causa.

Dentre os sinais e sintomas da queimadura estão: vermelhidão, ardência, dor, inchaço e até mesmo coceira.

Em casos leves, cuidados locais podem ser suficientes para o controle do quadro.

Entretanto, alguns sinais e sintomas de alerta podem indicar quadros de maior gravidade.

São eles:

  • bolhas;
  • dor extrema;
  • febre alta;
  • dor de cabeça;
  • confusão;
  • náusea.

Nesses casos, um médico deve ser procurado com urgência para verificar a extensão da queimadura e a melhor conduta terapêutica par se evitar danos mais graves ao paciente.

Quais os principais cuidados com o couro cabeludo após queimaduras solares?

Caso a queimadura solar no couro cabeludo seja leve ou moderada, alguns cuidados podem ser adotados.

Alguns cuidados recomendados pela Agência Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) e a Academia Americana de Dermatologia incluem:

  • sair o quando antes do Sol;
  • proteger a área queimada com chapéu ou boné;
  • tomar banhos frios para aliviar a dor e desconforto. Ao sair do banho secar a cabeça levemente;
  • evitar usar xampus ou produtos capilares que possam agravar a irritação como, por exemplo, esfoliantes, ou anti-resíduos;
  • após uma queimadura solar no couro cabeludo não é um bom usar produtos no cabelo como gel, pois eles podem irritar mais a região afetada;
  • secadores ou pranchas também não devem ser usados nesse período, pois eles também podem intensificar os danos;
  • aplicar protetor solar pelo menos 15 minutos antes de cada exposição solar;
  • cremes hidratantes à base de aloe vera podem ser usados para aliviar os sintomas.
  • em caso de dor, pode-se tomar um analgésico de costume;
  • não se deve aplicar água oxigenada, cremes ou pomadas na pele queimada pelo Sol, sem orientação médica;
  • não aplicar gelo ou qualquer objeto gelado no couro;
  • no caso de a formação de bolhas, elas não devem ser manipuladas ou estouradas, pelo risco de infecções. O mais correto é procurar um médico especialista assim que possível;
  • recomenda-se beber bastante líquido para evitar a desidratação.

Queda de cabelo devido queimadura solar no couro cabeludo

Em geral, quadros leves de queimadura solar no couro cabeludo não provocam queda de cabelo.

Entretanto, caso se observe queda acentuada mesmo com melhora das queimaduras, a recomendação é procurar um médico especializado em cabelo.

Além de receber as orientações e medicações necessárias para aliviar os sintomas, o médico deve examinar cuidadosamente o couro cabeludo para possíveis lesões associadas à queimadura solar, como, por exemplo, o câncer de pele.

A Clínica Doppio possui uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície. Além disso, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

Dr. Nilton de Ávila Reis

CRM: 115852/SP | RQE 32621


Posts Relacionados

Shampoo antirresíduos: composição, ação e indicações
O shampoo antirresíduos ou de limpeza profunda pode ser uma boa aquisição para a rotina... (Leia mais)
Arrepio na cabeça: o que pode estar acontecendo?
Parestesia é o termo médico para designar a sensação de arrepio na cabeça ou formigamento... (Leia mais)
Terapeuta capilar, tricologista e médico especialista: qual a diferença?
Existem diversos termos para denominar os profissionais que lidam com problemas no cabelo ou couro... (Leia mais)

34 Responses

  1. Boa noite dr.meu nome e Carlos meu pobrema foi eu raspei a cabeça e fui pra praia tomei muito sol na cabeça sem protetor solar aí chegou a sair bolhas na cabeça agora já fãs 8 dias que estou com muita coceira na cabeça o que devo usar ou fazer pra passar essa coceira .

    1. Olá, Carlos

      Você pode usar cremes hidratantes para aliviar a coceira.
      Se o sintoma persistir, procure um médico especialista.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-lo.

  2. Olá, boa noite. Fui para uma ilha, e acabei pegando muito sol. Quando fui passar os dedos no couro, está com umas casquinha como se fosse de ferida e saindo tipo um líquido. Devo me preocupar?

    1. Olá, Gabrielle

      Sugiro lavar o couro com água morna e xampu neutro diariamente.
      Evite usar secador, chapinha ou química até completa cicatrização.

      1. Olá, Caio

        Sugiro que siga as seguintes orientações:

        3. tomar banhos frios para aliviar a dor e desconforto. Ao sair do banho secar a cabeça levemente;
        4. evitar usar xampus ou produtos capilares que possam agravar a irritação como, por exemplo, esfoliantes, ou anti-resíduos;
        5. após uma queimadura solar no couro cabeludo não é um bom usar produtos no cabelo como cremes ou gel, pois eles podem irritar mais a região afetada;
        6. secadores também não devem ser usados nesse período, pois eles também podem intensificar os danos;
        7. cremes hidratantes à base de aloe vera podem ser usados para aliviar os sintomas.
        8. em caso de dor, pode-se tomar um analgésico de costume;
        9. não se deve aplicar chás, produtos caseiros, água oxigenada, cremes ou pomadas na pele queimada pelo Sol, sem orientação médica;
        10. não aplicar gelo ou qualquer objeto gelado no couro;
        11. no caso de a formação de bolhas, elas não devem ser manipuladas ou estouradas, pelo risco de infecções. O mais correto é procurar um médico especialista assim que possível;
        12. não tente tirar as casquinhas ou cabelos que ficaram grudados;

        13. vá a um médico ou dermatologista.

  3. Fui a praia sem boné ,como eu sou muito branco acabei queimando (sol) o couro, está minando e escorrendo água, que devo fazer. Eu usei óleo de coco e pomada pra assadura.

    1. Olá, Luzia

      Não use óleos ou pomadas de queimadura. Isso pode piorar ainda mais o quadro.
      Lave com água morna ou fria e xampu neutro.
      Proteja a cabeça com boné ou chapéu se sair no Sol.
      Vá a um médico para avaliação se precisa de algum remédio.

  4. Olá! Meu couro cabeludo está queimado, muito vermelho, mas não sinto dor. Quando acordei está manhã, notei um tipo de elevação na minha testa. Como se fosse um “galo”, mas não houve nenhuma pancada na região. Também não está doendo. Pode estar relacionado a queimadura? Obrigada.

    1. Olá, Valéria

      É preciso te examinar presencialmente para responder sua dúvida.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

    1. Olá, Tatiana

      Sugiro que siga as seguintes orientações:
      1. evitar o Sol;
      2. ao sair, proteger a área queimada com chapéu ou boné;
      3. tomar banhos frios para aliviar a dor e desconforto. Ao sair do banho secar a cabeça levemente;
      4. evitar usar xampus ou produtos capilares que possam agravar a irritação como, por exemplo, esfoliantes, ou anti-resíduos;
      5. após uma queimadura solar no couro cabeludo não é um bom usar produtos no cabelo como cremes ou gel, pois eles podem irritar mais a região afetada;
      6. secadores também não devem ser usados nesse período, pois eles também podem intensificar os danos;
      7. cremes hidratantes à base de aloe vera podem ser usados para aliviar os sintomas.
      8. em caso de dor, pode-se tomar um analgésico de costume;
      9. não se deve aplicar chás, produtos caseiros, água oxigenada, cremes ou pomadas na pele queimada pelo Sol, sem orientação médica;
      10. não aplicar gelo ou qualquer objeto gelado no couro;
      11. no caso de a formação de bolhas, elas não devem ser manipuladas ou estouradas, pelo risco de infecções. O mais correto é procurar um médico especialista assim que possível;
      12. não tente tirar as casquinhas ou cabelos que ficaram grudados.

  5. Ola, me chamo Marina e estou na praia e meu couro cabeludo esta com uma parte queimada por conta do sol, e tenho fios muito ralos que acaba queimando mais.
    Seria ideal eu passar protetor solar em spray quando eu u for ficar exposta no sol?

    1. Olá, Marina

      O protetor solar só é indicado em áreas totalmente calvas.
      No caso de cabelos finos ou ralos, é mais interessante se proteger através de chapéus ou bonés.

  6. Olá!
    Fui a praia e acabei levando muito sol, e no dia seguinte percebi meu couro cabeludo com umas casquinhas como se fosse uma ferida e soltando um líquido. Devo me preocupar? Quantos dias são necessários para a cicatrização?

    1. Olá, Brenda

      Sugiro não arrancar ou mesmo manipular as casquinhas. Além disso, proteja a área com chapéu ou boné.
      A cicateização deve ocorrer em até 2 semanas.

  7. Olá,
    E eu fiz trança no cabelo fui pra praia só que queimou vim perceber em casa e tá com uns casquinhas amarelas e eu não sei oque fazer tou com medo do meu cabelo cair oque eu fasso

    1. Olá, Nickoly

      Sugiro que siga as seguintes orientações:
      1. evitar o Sol;
      2. ao sair, proteger a área queimada com chapéu ou boné;
      3. tomar banhos frios para aliviar a dor e desconforto. Ao sair do banho secar a cabeça levemente;
      4. evitar usar xampus ou produtos capilares que possam agravar a irritação como, por exemplo, esfoliantes, ou anti-resíduos;
      5. após uma queimadura solar no couro cabeludo não é um bom usar produtos no cabelo como cremes ou gel, pois eles podem irritar mais a região afetada;
      6. secadores também não devem ser usados nesse período, pois eles também podem intensificar os danos;
      7. cremes hidratantes à base de aloe vera podem ser usados para aliviar os sintomas.
      8. em caso de dor, pode-se tomar um analgésico de costume;
      9. não se deve aplicar chás, produtos caseiros, água oxigenada, cremes ou pomadas na pele queimada pelo Sol, sem orientação médica;
      10. não aplicar gelo ou qualquer objeto gelado no couro;
      11. no caso de a formação de bolhas, elas não devem ser manipuladas ou estouradas, pelo risco de infecções. O mais correto é procurar um médico especialista assim que possível;
      12. não tente tirar as casquinhas ou cabelos que ficaram grudados.

      As chances de recuperação do cabelo bem como o tempo para que isso ocorra vão depender da profundidade e gravidade da queimadura.

  8. Fiquei muito exposta sem proteção (boné) mas passei creme com proteção UV, mesmo assim está bem avermelhado e sem dor, posso continuar usando o creme ? ..

  9. Rapei o cabelo e apanhei um escaldão, e entretanto a final da tarde fiquei com zonas da cabeça inchadas, no dia seguinte o inchaço aumentou, o que recomenda?

    1. Olá, Leandro

      Sugiro que siga as seguintes orientações:

      • evitar o Sol;
      • ao sair, proteger a área queimada com chapéu ou boné;
      • tomar banhos frios para aliviar a dor e desconforto. Ao sair do banho secar a cabeça levemente;
      • evitar usar xampus ou produtos capilares que possam agravar a irritação como, por exemplo, esfoliantes, ou anti-resíduos;
      • cremes hidratantes à base de aloe vera podem ser usados para aliviar os sintomas.
      • em caso de dor, pode-se tomar um analgésico de costume;
      • não se deve aplicar chás, produtos caseiros, água oxigenada, cremes ou pomadas na pele queimada pelo Sol, sem orientação médica;
      • não aplicar gelo ou qualquer objeto gelado no couro;

    2. Olá Doutor, rapei o cabelo e apanhei um escaldão solar. Nos 2 dias seguintes teve a escorrer água pela minha cabeça, depois fez cascoes e agora os cascoes estão a cair e estou a ficar sem o cabelo nessa área, o que devo fazer? Tenho passado na cabeça “Bioderma After Sun Peaux Sensivles”

      1. Olá, Breno

        Sugiro que siga as seguintes orientações:
        1. evitar o Sol;
        2. ao sair, proteger a área queimada com chapéu ou boné;
        3. tomar banhos frios para aliviar a dor e desconforto. Ao sair do banho secar a cabeça levemente;
        4. evitar usar xampus ou produtos capilares que possam agravar a irritação como, por exemplo, esfoliantes, ou anti-resíduos;
        5. após uma queimadura solar no couro cabeludo não é um bom usar produtos no cabelo como cremes ou gel, pois eles podem irritar mais a região afetada;
        6. secadores também não devem ser usados nesse período, pois eles também podem intensificar os danos;
        7. cremes hidratantes como o seu podem ser usados para aliviar os sintomas.
        8. em caso de dor, pode-se tomar um analgésico de costume;
        9. não se deve aplicar chás, produtos caseiros, água oxigenada, cremes ou pomadas na pele queimada pelo Sol, sem orientação médica;
        10. não aplicar gelo ou qualquer objeto gelado no couro;
        11. no caso de a formação de bolhas, elas não devem ser manipuladas ou estouradas, pelo risco de infecções. O mais correto é procurar um médico especialista assim que possível;
        12. não tente tirar as casquinhas ou cabelos que ficaram grudados;
        13. procure um médico dermatologists .

        As chances de recuperação do cabelo bem como o tempo para que isso ocorra vão depender da profundidade e gravidade da queimadura.

  10. Olá Dr. me chamo Larissa, peguei uma insolação no rosto e no couro cabeludo em um domingo, hoje ele está com umas casquinhas amareladas, posso lavar meu cabelo normalmente mesmo com essas casquinhas? elas vão sair na lavagem?

  11. Eu fui à praia e meu couro cabeludo ficou muito vermelho e doía muito, logo quando as ardência passou o couro cabeludo começou a coçar muito e sair casquinha, e percebi que já tem um mês desde que fui à praia e percebi que ele tá muito mais ralo e estava caindo bastante, a pergunta é, meu cabelo vai crescer de novo ?

    1. Olá, Ioanys

      Acredito que você precisa procurar um médico especialista (https://clinicadoppio.com.br/medico-especialista-em-cabelos/).
      Existem algumas possibilidades para o quadro descrito por você..
      Portanto, é preciso passar por uma avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue, para determinar os motivos do que você vem descrevendo.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudar.

  12. meu filho foi a praia com o cabelo raspado e a cabeça começou a inchar,estou colocando toalha molhada e gelo, tomando antiflamatorio. Isso é normal inchar e ficar com a cabeça torta?

    1. Olá, Andreia

      A indicação de medicamentos e outras formas de tratamento dependem de uma prévia avaliação médica completa (https://clinicadoppio.com.br/diagnostico-e-exames-para-queda-de-cabelo/), com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.

      Portanto, sugiro que agende uma consulta para que possamos discutir possibilidades terapêuticas.

      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.

      Estamos à disposição para ajudá-la.

Deixe um comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *