Riscos do uso de remédios caseiros para queda de cabelo e cuidados com os fios

Riscos do uso de remédios caseiros para queda de cabelo e cuidados com os fios

É muito comum ouvir simpatias e receitas de remédios caseiros para queda de cabelo e cuidados com os fios.

Muitas pessoas inclusive preferem o uso de plantas medicinais e produtos “naturais” por acreditarem que eles acarretam menos efeitos colaterais.

Entretanto, isso nem sempre é verdade.

Ingredientes de receitas tradicionais da medicina alternativa podem interferir ou trazer consequências para pessoas com certas doenças ou condições médicas.

Shampoo bomba

O shampoo bomba ficou conhecido na internet por sua suposta capacidade de estimular o crescimento dos fios.

A receita caseira do shampoo inclui o Monovin A, Bepantol Derma e um shampoo sem sal.

O Monovin A é um composto injetável de  vitamina A comercializado exclusivamente para uso veterinário.

A vitamina A é importante para a proliferação das células, incluindo células capilares, e controle da oleosidade do couro cabeludo.

No entanto, seu uso tópico com o intuito de estimular o crescimento dos cabelos não tem respaldo científico.

Suplementos nutricionais contendo vitamina A também devem ser usados com cuidado.

Isso porque tanto a falta quanto o excesso de vitamina A no organismo levam à queda de cabelos.

Assim, sua reposição só estaria indicada em pessoas com deficiência dessa vitamina.

Por sua vez, o Bepantol Derma é um produto à base de dexpantenol, precursor do ácido pantotênico ou vitamina B5.

Quando usado topicamente, o dexpantenol age como um hidratante tanto para a pele quanto para o fio de cabelo.

Assim, ele pode ser usado para dar mais brilho e maciez aos fios ou como reparador de pontas.

Entretanto, seu uso incorreto pode contribuir para a queda de cabelo, especialmente em pessoas com dermatites do couro cabeludo.

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã ganhou notoriedade por conta de seus possíveis benefícios para o aspecto dos fios e couro cabeludo.

O responsável por esses efeitos seria um composto chamado ácido acético.

A acidez promovida pelo ácido acético contido no vinagre promove alterações do ph tanto no fio quanto no couro cabeludo.

Ph mais ácidos induzem o fechamento das cutículas dos fios, o que confere aspecto de cabelos mais sedosos e com brilho.

Além disso, a acidez também pode interferir no crescimento de bactérias no couro cabeludo.

Apesar dos possíveis benefícios cosméticos, seu uso não é recomendado para queda de cabelo.

Isso porque além de não ter embasamento científico, seu uso incorreto pode ainda gerar irritações e dermatites no couro.

Óleo de coco

O óleo de coco tem propriedades hidratantes que podem contribuir temporariamente para a hidratação dos fios.

Além disso, ele contém substâncias, os chamados ácidos graxos de cadeia média, que possuem atividades antimicrobianas.

Os principais ácidos graxos de cadeia média do óleo de coco são o ácido láurico, cáprico e caprílico.

Por suas propriedades, o óleo de coco e seus derivados fazem parte da formulação de diversos produtos destinados aos cabelos.

Desde que usado corretamente, ele pode contribuir para melhorar o aspecto dos fios.

Entretanto, não é recomendado que ele seja usado em formulações caseiras ou como tratamento para a queda de cabelo.

Feno grego

As folhas do feno grego são usadas como ervas para chás e suas sementes como tempero.

O feno grego está presente em diversas receitas caseiras e fórmulas de manipulação para queda de cabelo.

O consumo de feno grego pode causar mal-estar gástrico e inchaço. Grávidas devem evitar seu uso já que ele  pode induzir contrações do útero.

Pessoas com problemas nos rins, fígado ou diabetes também devem evitar seu uso pelo risco de interação medicamentosa.

Óleos essenciais

Óleos essenciais extraídos de plantas são populares em terapias alternativas.

A aromaterapia com óleos essenciais tem sido testada em diversas áreas da saúde.

Quando usados em produtos para pele ou cabelos, é preciso se tomar muito cuidado.

Se a diluição não é feita corretamente ou se o uso não é bem orientado, podem ocorrer complicações locais.

Alguns efeitos adversos incluem dermatites, alergia, secreção, inchaço, queimação e até mesmo queda de cabelo.

Remédios caseiros para queda de cabelo

A internet possibilitou a rápida comunicação entre as pessoas e a propagação de conteúdos dos mais diversos temas.

Essa poderosa e hoje em dia essencial ferramenta de busca de informações, no entanto, não tem critérios na escolha de conteúdo.

Desde que bem divulgados, fatos se tornam verdades ou mentiras rapidamente.

Assim, deve-se ter muito cuidado com o uso de produtos e remédios caseiros para queda de cabelo ou outros problemas de saúde.

São muitas as causas de queda de cabelo e cada organismo responde de forma diferente ao mesmo tratamento.

Sendo assim, é arriscado fazer uso de receitas de remédios caseiros para queda de cabelo sem acompanhamento médico.

A melhor recomendação ao se notar afinamento ou queda de cabelo é procurar orientação de um médico especialista.

A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *