Scab hair: como cuidar?
A expressão scab hair faz parte do vocabulário de pessoas em transição capilar.
Esse tipo de situação aparece ao se interromper o uso de químicas para deixar o cabelo crescer natural.

O que é scab hair?

Scab hair é um termo não-científico usado para descrever o cabelo logo após a interrupção de procedimentos como alisamento ou relaxamento.
Trata-se, portanto, de uma faixa de cabelo entre o liso da química e o cacheado natural. Esse cabelo costuma apresentar alterações de forma e textura, com fios indefinidos, ressecados e duros.
Geralmente, o scab hair não é nem tão liso quanto o cabelo quimicamente tratado e nem tão cacheado quanto o fio natural.

Por que se forma o scab hair?

Existem duas principais hipóteses para explicar o scab hair.
A primeira delas seria a de que os produtos químicos usados no fio poderiam causar danos temporários ao bulbo capilar.
De acordo com essa hipótese, a química aplicada nos cabelos penetrariam na pele prejudicando os fios abaixo da superfície.
Contra essa teoria pesa o fato de não ser comum se aplicar o produto próximo ao couro cabeludo.
Aliás, essa é justamente a explicação defendida pela outra hipótese.
Segundo essa teoria, o aspecto indefinido do scab hair seria secundário à dificuldade de alisar o cabelo próximo ao couro.
Geralmente, para não causar irritações na pele, costuma-se aplicar uma quantidade menor de química nessa área.
Além disso, a chapinha usada para finalizar o procedimento não chega até tão perto do couro, justamente pelo risco de provocar queimaduras.
Por conta dessa margem de segurança, a tendência é ter fios nem tão alinhados quanto os da química nem tão cacheados como os naturais nessa região.
Portanto, nesse caso, as alterações no cabelo seriam resquícios da ação da escova progressiva e relaxamentos.
Segundo estudos, parte desses danos poderiam ser explicados pela quantidade de certos aminoácidos do cabelo.
Pelo menos isso é o que diz uma pesquisa científica publicada no Jornal da Academia Americana de Dermatologia.
Na pesquisa, cabelos danificados pelo relaxamento mostraram ter menor concentração de cistina.
Esse aminoácido contribui, dentre outros, para formato e força do fio.

Quanto tempo dura o scab hair?

A química do alisamento altera o fio de cabelo de forma definitiva, sem possibilidade de reparos posteriores.
Entretanto, os danos se restringem à área de aplicação dos produtos.
Como os agentes alisantes são usados somente no comprimento dos fios, só essa parte é danificada.
Para modificar o fio como um todo, seria necessário lesar o bulbo capilar, dentro da pele.
Isso só ocorreria se houvesse queimaduras ou machucados graves no couro provocados pelo contato da química com a pele.
Porém, essa situação é improvável.
Em geral, conforme o cabelo cresce, ele vai empurrando as partes danificadas para as pontas. Essas, por sua vez, vão saindo com os cortes.
Portanto, o scab hair é um cabelo de transição, ou seja, temporário.
Em questão de meses, o cabelo novo começa a assumir seu aspecto natural mais próximo à raiz.
O período exato para isso, no entanto, vai depender de variáveis como o tipo de cabelo, fatores nutricionais, hormonais e genéticos, dentre outros.

Como tratar o scab hair?

Após a interrupção dos tratamentos químicos, pode demorar um pouco para o cabelo não danificado crescer.
Em geral, o cabelo cresce cerca de 1 centímetro ao mês.
Assim, é preciso considerar esse tempo natural de restauração dos fios para não se criar expectativas irreais.
Enquanto se aguarda, é interessante se valer de alguns cuidados.
Eles podem contribuir no fortalecimento e saúde capilar, ajudando no tratamento do scab hair.

Shampoo sem sulfato

O sulfato é um agente surfactante, ou seja, ele é responsável pela remoção da oleosidade dos fios e couro cabeludo.
Assim como o cabelo danificado pela química, o scab hair também costuma ser ressecado.
O uso de xampus com sulfato, portanto, pode deixar os fios ainda mais secos e quebradiços.
Por isso, é recomendado se optar por um xampu sem sulfato para cuidar desse cabelo.

Adotar um cronograma capilar

O cronograma capilar é uma programa de cuidados com os fios através de produtos capilares.
Ele contribui à saúde dos cabelos, devendo ser personalizado de acordo com as necessidades de cada caso.
Em geral, o cronograma pode ser dividido em três passos:
  • hidratação: feita através do uso periódico de máscaras capilares. O objetivo dessa fase é aumentar a retenção de água pelos fios por meio de agentes emolientes e condicionantes;
  • lubrificação: essa etapa consiste na restauração da oleosidade do cabelo, também chamada de restauração lipídica. Ela pode ser feita com produtos industrializados voltados para esse fim ou soluções caseiras. Ingredientes frequentemente usados para lubrificar os fios incluem o óleo de coco, óleo de argan, manteiga de karité e outros;
  • reconstrução: indicada para fios muito danificados, é feita por meio da reposição da massa capilar pela cauterização com queratina. Essa etapa é realizada em salões especializados, sendo importante verificar se o cabelo realmente necessita dessa intervenção. Se feito ou indicado incorretamente, o procedimento aumenta a quebra dos cabelos.

Hábitos e rotina capilar

Os hábitos diários têm influência direta na saúde capilar.
Se seguidos corretamente, eles podem contribuir para restauração dos fios naturais em menos tempo.
Algumas dicas e recomendações incluem:
  • evitar lavar os cabelos com água muito quente;
  • ter cuidado ao pentear os fios. Para evitar a quebra, é aconselhável começar a desembaraçar os fios pelas pontas, progredindo em etapas até chegar à raiz;
  • ser gentil ao prender os cabelos, evitando tração demasiada;
  • não esfregar a toalha no cabelo, fazendo movimento suaves de compressão de baixo para cima;
  • usar secador com moderação, mantendo na temperatura média, com uma distância segura de 15 centímetros. Além disso, aplicar protetor térmico antes de secar;
  • usar uma capa de travesseiro com tecido macio, como algodão, cetim ou seda para reduzir o atrito.

Alimentação

O cabelo está em constante crescimento. Por isso, ele precisa de uma oferta contínua de nutrientes para se manter forte e saudável.
Por outro lado, variações da dieta e erros alimentares podem afetar diretamente a estrutura e desenvolvimento capilar.
Tanto a falta quanto o excesso de vitaminas e minerais fazem mal ao cabelo, podendo provocar queda.
Assim, é preciso buscar um equilíbrio na alimentação, ou seja, evitar extremos.
Nesse sentido, deve-se evitar dietas muito restritivas ou o consumo demasiado e desnecessário de suplementos.
Uma dieta balanceada deve considerar as necessidades energéticas diárias de cada pessoa.
Sua base deve ser feita a partir de opções naturais como legumes, frutas, verduras, carnes magras, grãos e sementes etc.

Big chop

Mesmo com cuidados adequados, a faixa de scab hair só costuma ser completamente eliminada com o corte.
Como o scab hair está próximo à raiz, para se livrar dele é preciso fazer um corte significativo.
Daí entra o big chop.
O big chop, traduzido como “grande corte”, nada mais é do que um corte bem no limite entre o cabelo com química e o natural.
A ideia é remover de uma vez só todo o cabelo danificado pelo alisamento, incluindo o scab hair.
A vantagem do big chop é facilitar o penteado e estilização do visual, prejudicados pela faixa de cabelo danificado.
Para quem prefira opções menos radicais, cortes menores e com maior frequência devem ser considerados.

Scab hair: o que fazer?

Essa é uma pergunta comum, especialmente entre pessoas em transição capilar.
Por conta da falta de uniformidade dos fios, surgem diversas dificuldades em lidar com os cabelos após interromper a química.
Uma orientação adequada quanto aos produtos, cuidados e dicas sobre os cabelos podem tornar essa fase menos desgastante.
Caso precise de ajuda para cuidar do seu cabelo, faça-nos uma visita.
A Clínica Doppio além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.
Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.
blank

Dr. Nilton de Ávila Reis

CRM: 115852/SP | RQE 32621


Posts Relacionados

Hidrofobia capilar: causas, prevenção e tratamento
A hidrofobia capilar acomete principalmente pessoas com cuidados excessivos com os cabelos. O que é... (Leia mais)
O que há por trás do cabelo ruivo?
O cabelo ruivo natural desperta muitas curiosidades nas pessoas. Não por acaso, os ruivos chamam... (Leia mais)
Grávida pode pintar o cabelo?
A dúvida sobre se grávida pode pintar o cabelo é muito comum. O receio das... (Leia mais)

4 Responses

  1. Boa tarde, tudo bem
    Sobre o scab hair, ja cortei toda a parte com quimica e mesmo assim, apos mais de um ano, só com o cabelo natural, o scab hair não sumiu, o q fazer então:
    Desde já agradeço a atenção

    1. Olá, Keity

      É preciso avaliar se existe alguma doença afetando a estrutura do seu fio. O scab hair geralmente é temporário. Se ele está persistindo, é melhor passar por uma avaliação médica.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  2. Olá, estou vendo melhoras so depois de 1 ano e meio. Mais ainda vejo muitos fios grossos e opacos deis de a raiz, é normal ter dois tipos de fios no mesmo cabelo? E quanto tempo até melhorar? Deis de já agradeço a atencão!

    1. Olá, Maria Antonieta

      O tempo vai depender do seu tipo e comprimento do cabelo.
      Quanto mais longo e enrolado, mais demora pra igualar.

Deixe uma resposta

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *