Tratamento capilar com adenosina tópica

Tratamento capilar com adenosina tópica

Conhecida como loção japonesa para calvície, a adenosina tópica vem sendo investigada por pesquisadores do Japão há vários anos.

Alopecia androgenética

A alopecia androgenética, popularmente chamada de calvície, é a principal causa de perda de cabelos em homens e mulheres.

Nessa condição, os fios vão se tornando cada vez mais finos e curtos até desaparecerem completamente.

Esse processo é conhecido como miniaturização.

A miniaturização ocorre por ação de hormônios masculinos, ou andrógenos, em pessoas com predisposição genética.

Atualmente há poucas opções de medicamentos tópicos aprovados para o tratamento da calvície.

Por outro lado, diversas substâncias vêm sendo testadas como, por exemplo, a adenosina.

Adenosina tópica funciona?

Estudos científicos têm sido realizados para avaliar a eficácia da adenosina para tratamento da queda de cabelo e calvície.

Um estudo publicado em 2008 testou o efeito de um tônico contendo adenosina 0,75% em mulheres japonesas.

Na pesquisa, 30 voluntárias com alopecia feminina foram divididas aleatoriamente em 2 grupos.

Sem saber qual produto haviam recebido, 15 dessas mulheres usaram loção com adenosina enquanto as outras 15 usaram placebo, ou seja, um líquido sem ação terapêutica.

As mulheres de ambos os grupos foram orientadas a aplicar as loções 2 vezes ao dia por 12 meses.

Os resultados foram avaliados com 6 meses e novamente após 12 meses de acompanhamento.

Conforme pesquisadores e médicos dermatologistas que avaliaram as pacientes, houve melhora significativa da espessura dos fios no grupo com adenosina.

Já em 2015, um outro estudo japonês avaliou o efeito da adenosina tópica desta vez em 102 homens.

Metade deles aplicou a loção de adenosina 2 vezes por dia por 6 meses.
A outra metade usou uma loção contendo nicotinamida, uma vitamina sem efeito terapêutico para a calvície.

Após 6 meses, o grupo que aplicou adenosina tópica apresentou resultados mais significativos do que grupo da nicotinamida.

Foi observado, por exemplo, aumento da espessura dos fios nos participantes que usaram adenosina tópica.

A percepção de fios mais grossos foi observada não somente pelos pesquisadores mas também pelos próprios participantes da pesquisa.

Como até então somente voluntários asiáticos haviam sido avaliados um estudo publicado em 2016 testou a adenosina tópica em pacientes de origem caucasiana, ou seja, européia.

Para isso, 38 homens com alopecia androgenética foram tratados aleatoriamente com adenosina tópica ou placebo durante 6 meses.

Ao final desse período, os pacientes que usaram adenosina relataram melhora significante da rarefação capilar quando comparados aos do grupo placebo.

Tratamento da calvície: minoxidil ou adenosina?

O minoxidil é o medicamento tópico mais conhecido, prescrito e com maior grau de evidência científica para tratamento da calvície.

Com o intuito de comparar a sua ação com a da adenosina tópica no tratamento da alopecia androgenética masculina, realizou-se um estudo publicado em 2013.

Nesse estudo, 110 homens com calvície foram divididos em 2 grupos.

Um grupo com 55 pacientes usou minoxidil tópico 5% enquanto os outros 55 usaram adenosina tópica 0,75%.

Os resultados foram comparados após 3 e 6 meses de tratamento.

As taxas de melhora após 3 meses foram de 2,4% para o minoxidil e 1,9% para a adenosina tópica. Após 6 meses, o minoxidil manteve a mesma margem de melhora em relação à adenosina.

Apesar disso, a satisfação dos pacientes que usaram a adenosina foi bem maior do que os que aplicaram minoxidil.

O motivo alegado pelos pacientes foi a percepção mais rápida da melhora da queda de cabelo e do aparecimento de fios novos com a adenosina.

Qual o efeito da adenosina tópica nos cabelos?

Apesar dos estudos científicos realizados até o momento relatarem sensação de fios mais grossos com a adenosina, os mecanismos moleculares que levam a esse possível ganho de calibre ainda não são claros.

Um dos mecanismos propostos é o aumento de fatores de crescimento induzidos pela adenosina.

Os fatores de crescimento são moléculas produzidas pelo nosso corpo que atuam na sinalização de processos envolvidos em diversas funções no organismo, dentre elas a produção e desenvolvimento dos cabelos.

Acredita-se que uma das ações da adenosina seria aumentar essas moléculas sinalizadoras, uma vez que a adenosina foi capaz de aumentar a quantidade desses fatores de crescimento em células cultivadas em laboratório durante pesquisa no Japão.

Efeitos adversos da adenosina tópica

Em todos os estudos científicos realizados até o momento, não houve relato de efeitos colaterais significativos durante ou após uso de adenosina tópica.

Onde comprar adenosina tópica no Brasil?

A adenosina não está disponível para venda no Brasil e, portanto, não é encontrada em farmácias.

Por se tratar de um composto experimental, há pouca disponibilidade do produto mesmo no exterior.

Adenosina tópica para tratamento da calvície: perspectivas futuras

Os resultados positivos obtidos nos estudos científicos motivaram médicos de diversas instituições e universidades do Japão a incluir a adenosina tópica nos Guidelines de tratamento da calvície tanto em homens quanto em mulheres daquele país.

Entretanto, fora do Japão, a adenosina tópica ainda é pouco conhecida pela comunidade médica.

A realização de mais estudos, envolvendo grupos maiores e com maior diversidade étnica, pode ajudar na aprovação e divulgação da adenosina tópica como opção para o tratamento da calvície.

Enquanto se aguarda essas etapas, outros produtos e procedimentos comprovadamente eficazes podem ser usados para combater a queda de cabelo e calvície.

Para saber mais sobre o assunto, consulte um médico especialista.

A Clínica Doppio, além de possuir uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

4 respostas

  1. Boa tarde. Por exame feito de biopsia a pedido da dermatologista foi constatado alopecia cicatricial. Tomo neosil receitado pela mesma dermatologista mas infelizmente não surgiu nenhum resultado. Gostaria de saber se a meios de algum medicamento que possa melhorar um pouco. Sabendo que não há cura. Estou sempre pesquisando por isso cheguei ao site de vcs que eu gosto muito. Obrigada. Um dia feliz a todos.

    1. Olá, Marisa

      Ficamos satisfeitos em saber que tem gostado dos artigos. Esperamos que eles estejam sendo úteis para você.
      Quanto ao seu caso, existem diversos tipos de alopecia cicatricial (https://clinicadoppio.com.br/alopecia-tipos/), cada uma com diferentes opções de tratamento.
      Entretanto, não é possível te indicar uma terapia sem primeiro definir exatamente qual tipo de alopecia cicatricial é a sua e qual o estágio e extensão do seu quadro.
      Isso somente seria possível após avaliação completa, com análise do fio de cabelo, couro cabeludo e exames de sangue.
      Caso queira mais informações, entre em contato conosco pelo número (11) 38539175.
      Estamos à disposição para ajudá-la.

  2. Boa noite ! Há dez anos venho fazendo tratamento com dermatologista para alopecia frontal fibrosante ; sinto que ela está lenta mas progressiva; no entanto queria que ela estacionasse já que não existe regressão das perdas. Gostaria de saber se o medicamento Nourkrin pode ser empregado para esse tipo de alopecia ; e caso não seja gostaria de saber qual tratamento vcs me recomendariam.
    Aguardo !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *