água do mar cabelo caspa praia

Quais os benefícios e danos da água do mar para os cabelos?

Com a chegada do verão, a praia se torna um dos destinos mais procurados pela população. Por isso, nessa época é mais comum que as pessoas queiram saber se água do mar estraga o cabelo.

Benefícios da água do mar para a saúde

Um banho de mar pode ser suficiente para refrescar o calor e aliviar as tensões do estresse cotidiano.

Além disso, a água do mar tem propriedades fisico-químicas que colaboram para diversos aspectos da saúde.

Esse tipo de água é rica em nutrientes como magnésio, cálcio, potássio, cromo, selênio, zinco e vanádio, dentre outros.

Cada um desses elementos tem sua contribuição para manutenção de algum sistema ou estrutura do organismo.

O magnésio e o potássio, por exemplo, são importantes para o sistema nervoso, assim como o cálcio é para os ossos, dentes e contração muscular.

Por sua vez, zinco e selênio são minerais essenciais para o desenvolvimento e crescimento dos cabelos.

Essa riqueza da água do mar em minerais tem motivado estudos científicos sobre suas propriedades terapêuticas.

Em um revisão de literatura médica realizada em 2016, foram apontados diversos possíveis benefícios da água do mar para a saúde.

Segundo a pesquisa, a água das partes mais profundas do oceano pode ajudar no controle de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, câncer e doenças cutâneas como psoríase e eczemas.

Dessa forma, um banho de mar pode ser não somente prazeroso, mas também saudável!

A água do mar no tratamento da caspa e queda de cabelo

Assim como outras partes do corpo, o couro cabeludo também pode se beneficiar das propriedades da água rica em sais.

A água do mar pode, por exemplo, atuar na remoção da oleosidade excessiva, funcionando como um shampoo natural.

Além disso, os cristais de sal formados pela água do mar atuam como esfoliante para remover resíduos e células mortas do couro cabeludo.

Aliás, a massagem ajuda não só a relaxar as tensões como também estimular a irrigação sanguínea, melhorando a nutrição dos fios.

Graças as suas atividades anti-inflamatória e antimicrobiana, a água do mar pode ainda ser útil para o controle da caspa provocada por dermatites do couro cabeludo.

Por sua vez, como a seborréia, infecções e o próprio estresse são possíveis causas de queda de cabelo, uma esticada até a praia pode não ser uma má idéia.

Como a praia e a água do mar afetam o cabelo?

Apesar dos possíveis benefícios para a saúde, água salgada nem sempre é boa aos cabelos.

A água do mar contém grandes quantidades de cloreto de sódio, o mesmo composto do sal de cozinha, além de sulfatos, magnésio, dentre outros.

Esses compostos interagem entre si e com as moléculas do fio aumentando a força das suas ligações químicas. Como essas ligações são as responsáveis pelo formato dos fios, há uma tendência de que cabelo tenha mais frizz e se torne mais enrolado e embaraçado após uma mergulho no mar.

A brisa do mar, ou seja, o vento, também colabora para que os fios embaracem mais, intensificando a quebra e a queda dos cabelos, principalmente no momento de lavá-los e penteá-los.

Além disso, o sal atrai a água do interior do fio para sua superfície.

Esse processo diminui a hidratação do interior do fio, tornando-o mais ressecado, opaco e quebradiço.

A maior exposição ao Sol na praia também contribui para o aumento do desidratação e fragilidade capilar.

Por fim, os cristais de sal e a areia da praia podem potencializar o desgate das fibras, provocando danos capilares por gerar atrito com os fios.

Com a exposição contínua a esses elementos durante as férias o resultado é um fio mais áspero e cada vez mais danificado.

Portanto, a água salgada estraga o cabelo, mas é possível minimizar esses efeitos.

Dicas de cuidados para evitar os danos da praia e água salgada para o cabelo

A intensidade dos danos provocados pelo banho de mar está relacionada não só à exposição aos fatores agressores, mas também aos cuidados adotados para preveni-los.

Assim, é importante seguir alguns passos para minimizar o desgaste causado pela praia e água do mar aos cabelos.

Proteja os cabelos do radiação solar

A radiação ultravioleta estraga o fio.

Sendo assim, é importante proteger o cabelo dos efeitos danosos do Sol.

O período de maior incidência da radiação solar é das 10 horas às 16 horas.

Portanto, sempre que possível, deve-se evitar à exposição ao Sol nesse período.

Além disso, é importante aplicar um protetor solar específico para os cabelos antes mesmo de sair de casa.

Assim como o filtro solar da pele, é preciso reaplicar o produto toda vez que entrar no mar e molhar os cabelos.

O uso de chapéu ou boné também é indicado, mas deve-se evitar seu uso por tempo prolongado enquanto os cabelos estiverem molhados ou suados. Isso porque ao abafar o couro cabeludo úmido, favorece-se a proliferação de fungos, a dermatite seborréica e consequente queda de cabelos.

Lave os cabelos após banho de mar

A recomendação é tomar uma ducha com água doce logo após mergulho ou contato com a água do mar.

A ducha remove o excesso de sal dos fios minimizando os danos provocados pelo seu ressecamento.

Além disso, é aconselhável usar xampus suaves, com ph próximo ao do fio ou do couro cabeludo, além de condicionador e cremes para pentear.

Nos dias em que estiver na praia, é bom planejar uma rotina de hidratação capilar.

Diminua a exposição dos cabelos aos agentes causadores de danos aos fios.

Cabelos soltos, principalmente os longos, são mais propensos a se embaraçar na praia.

Além disso, eles também se tornam mais expostos aos agentes ambientais que provocam danos as suas fibras.

Dessa forma, ao mante-los presos é possível amenizar sua exposição aos efeitos do Sol, vento e água salgada.

Também é importante que se evite o contato direto dos fios com a areia da praia. Assim como os cristais de sal, os grânulos de areia também desgastam os fios.

Atenção especial para cabelos com química ou com uso frequente de chapinha

Cabelos tratados com química como por exemplo, luzes, alisamento, progressiva e tintura sofrem ainda mais na praia.

Isso porque esses procedimentos danificam a estrutura do fio, deixando-os mais expostos aos agentes ambientais.

O resultado é um fio extremamente áspero, seco e quebradiço.

Dessa forma, a recomendação ao ir à praia é adotar cuidados adicionais, como pentes de dentes largos, protetores térmicos, xampus específicos para esse tipo de cabelo e hidratação ainda mais frequentes.

Muitas pessoas, principalmente mulheres com cabelos compridos, levam o secador e chapinha para a praia.

No entanto, o uso desses aparelhos nessas condições só faz o cabelo ficar ainda mais desidratado e quebradiço.

O Sol, vento, areia e água do mar já danificam os cabelos. Então, não faz sentido piorar ainda mais a situação.

Assim, que tal também dar férias para esses aparelhos?

Aproveite a atmosfera mais descontraída da praia para deixar cabelos secarem naturalmente, evitando dano térmico adicional por essas fontes de calor.

Ao invés disso, abuse de agentes condicionantes e hidratantes como cremes para pentear ou leave-in. Seus cabelos irão agradecer!

Praia, Sol, calor, verão e cabelos bonitos: é possível?

Conhecer os principais perigos da praia para a saúde dos cabelos ajuda a prevenir possíveis danos.

Apesar de simples, algumas medidas são fundamentais para evitar desgastes mais severos aos fios durante o verão.

Por outro lado, a falta de cuidados capilares na praia podem resultar em maior ressecamento, falta de brilho, quebra e queda de cabelo.

Quer saber mais dicas sobre cuidados com os cabelos? Então siga nossas publicações no blog ou faça-nos uma visita.

A Clínica Doppio possui uma estrutura apropriada para avaliação e tratamento de queda de cabelos e calvície. Além disso, conta ainda com um médico especialista em cabelos e profissionais preparados para ajudar com seu problema.

Faça uma avaliação e obtenha as informações e cuidados para o seu caso.

 

TÍTULO SEO
IMAGENS SEO
IMAGEM 1
água do mar cabelo caspa praia
IMAGEM 2
água do mar salgada fio de cabelo
LINKS SEO
TEXTO SEO

água do mar e cabelo água do mar estraga cabelo benefícios da água do mar aos fios de cabelo caspa e fungos na praia areia no cabelo spray de água do mar para cabelo danos capilares pela água do mar danos aos cabelos pelo vento Sol estraga cabelo mar melhora caspa  

WORDS SEO

Atendimento

  • Avenida Lavandisca, 777 - Moema, São Paulo, SP. CEP: 04515-011
  • Terça à Sexta: 09hs às 19hs.
    Sábado: 09h às 18hs
  • +55 (11) 3853-9175
Categorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo protegido.